Pop art: saiba tudo sobre o movimento artístico

Saiba o que é Pop art. Isso mesmo, existe um movimento artístico que tem Pop até no nome! Revise Artes para mandar bem no Enem!

No contexto das artes visuais, o termo “pop” foi usado numa colagem exibida na galeria Whitechapel em Londres, em 1956:

Pop art - HAMILTON, Richard
HAMILTON, Richard. “O que é que torna os lares de hoje tão diferentes, tão atraentes?”, 1956

Quase todas as figuras utilizadas nesta colagem foram retiradas de revistas americanas. O autor dela, Richard Hamilton (1922), era membro de um grupo informal que contava com pintores, escultores, arquitetos e acadêmicos britânicos: o Grupo Independente.

O crítico Lawrence Alloway foi à exposição (em 1956) na Whitechapel onde a colagem estava e a denominou de Pop Art, juntamente com algumas outras obras expostas. O que todas elas tinham em comum? Pois bem, vejamos as principais características a seguir.

Características da Pop Art

Os primeiros artistas da Pop Art que expuseram junto com Hamilton eram influenciados pela academia, porém interessavam-se pelas imagens e pelas técnicas da cultura de massa e da publicidade.

Hamilton enumerou algumas características do tipo de arte que apreciava: popular, que é direcionada para o grande público, descartável, podendo ser esquecida com facilidade, efêmera, barata, produzida em massa, jovem (ou dirigida à juventude) e glamourosa.

Houve um crescimento rápido e concomitante da Pop Art nos dois lados do Atlântico, no início da década de 1960: no Reino Unido a exposição “Jovens contemporâneos” (1961) pôs em evidência artistas como Peter Blake (1932).

Principais artistas da Pop Art

  • Peter Blake

Blake é um dos maiores representantes e pioneiros desse estilo.

Pop art - Peter Blake e Jann Haworth

Em suas obras, utiliza materiais diversos e, como uma tônica dessa vertente, procura utilizar métodos que otimizem o alcance ao público geral ao invés de somente a elite ter acesso.

Blake e sua esposa, Jann Haworth, idealizaram e realizaram a colagem para a capa do álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles, no ano de 1967 (ao lado).

Ainda nessa pegada de assinar as artes de discos, Blake idealizou a capa do White Album, também dos Beatles.

  • Andy Warhol

Andy Warhol (1928-1987) foi um dos artistas dos Estados Unidos que mais fizeram história.

Pop art - Marilyn Monroe

Warhol tinha o intuito de eliminar toda valorização artística tradicional.

Para dar à sua produção um ar mais impessoal, passou a utilizar técnicas como a serigrafia, com o intuito de salientar que elas não tinham valor algum que não fosse o meramente monetário.

Ao lado, uma das obras mais famosas de Andy Warhol, onde o artista retrata a atriz Marilyn Monroe (ícone de beleza da época). É de Warhol também a capa do disco Sticky Fingers (1971), dos Rolling Stones.

  • Roy Lichtenstein

Lichtenstein (1923-1997) desenvolveu um estilo próprio em suas pinturas utilizando-se da estética dos quadrinhos, além do uso de cores primárias, contornos definidos, objetos e imagens com ausência de volume.

Pop art - LICHTENSTEIN, Roy
LICHTENSTEIN, Roy. “Crying girl”, 1964.

A trajetória de Lichtenstein percorreu um caminho onde o artista partia de imagens corriqueiras extraídas de cartuns, histórias em quadrinhos e campanhas publicitárias a fim de demonstrar o quanto essas imagens eram produzidas com a intenção de esvaziar o pensamento de quem as contempla.

Dentre suas principais obras, está Crying Girl (ao lado), de 1964, onde as principais características da expressão do artista estão evidentes.

Todo o frenesi do movimento durou pouco tempo. Já no final da década de 60 a força da Pop Art esmoreceu.

Entretanto, as obras foram tão emblemáticas que são lembradas até os dias atuais. Mais do que isso, essa vertente é um dos primeiros movimentos artísticos da pós-modernidade, bem como foi capaz de levar ao questionamento – ainda hoje pertinente – sobre qual é o lugar do artista e do seu produto na sociedade.

Para complementar, assista o vídeo do canal Vivieuvi e entenda melhor como o movimento da Pop Art

Exercícios:

1- (CESGRANRIO) A Pop Art surge nos Estados Unidos, na década de 1960, e alcança repercussão internacional. Sua proposta era eliminar quaisquer barreiras entre a arte e o cotidiano das pessoas.

Pop art - Marilyn Monroe - exercício
Disponível em: <http://pitacosperdidos.files.wordpress.com/2011/03/
andy-ward>. Acesso em: 25 out. 2011

Na imagem acima, o artista reproduz, em sequência, o rosto
da atriz hollywoodiana Marilyn Monroe para expressar

a) a beleza da famosa atriz de cinema
b) a importância dos meios de comunicação
c) a importância da mídia para o consumo
d) o ingresso da mulher no mercado de trabalho
e) sua crítica ao cotidiano das grandes cidades norte-americanas

2- 

(Em http://www.mosesschwartz.com/images/che_original.jpg.)

A imagem acima, obra de Andy Warhol, pertence a uma série que faz referência a outros
ícones do século XX. Sobre o artista e a obra é correto afirmar que:

a) Che Guevara, Pelé e Marilyn Monroe são referências em suas áreas de atuação e
foram retratados por Warhol porque o artista queria que os jovens os imitassem.
b) O artista denunciava as ações do regime cubano, por meio da imagem de Che
Guevara, ao mesmo tempo em que criticava o predomínio cultural americano, ao fazer
trabalho semelhante com Marilyn Monroe.
c) A Pop Art, na qual se insere Andy Warhol, é um movimento de valorização da cultura
midiática, daí sua predileção por representantes de esquerda e de minorias, como
mulheres e negros.
d) A proliferação de imagens produzidas pela publicidade, cinema, TV e jornais estimulou
uma pintura que trouxe para a tela, com a Pop Art, referências conhecidas.

3- Considere a obra abaixo:

Pop art - HAMILTON, Richard - exercício

A obra denominada “O que Exatamente Torna os Lares de Hoje Tão Diferentes, Tão Atraentes?”, de 1956, com autoria de Richard Hamilton foi concebida como pôster e ilustração para o catálogo da exposição This Is Tomorrow [Este É o Amanhã] do Independent Group de Londres. O quadro carrega temas e técnicas dominantes de uma nova expressão artística que despontava nos EUA.

O nome do Movimento artístico a que a obra pertence e a técnica utilizada pelo artista para sua composição são, respectivamente:

a) Op Art, fotografia.
b) Pop Art, colagem.
c) Pop Art, fotografia.
d) Web Art, photoshop.
e) Merchandising, colagem.

GABARITO:

1-C, 2-D, 3-B

Sobre o(a) autor(a):

Renata Gambagorte é formada em Licenciatura em Artes Visuais pela Universidade Estadual do Paraná com pós graduação em Cenografia pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente atua na rede de ensino em Curitiba. Facebook: https://www.facebook.com/renatagmbgrt

Compartilhe: