Arte no Neolítico

Mesmo antes de os seres humanos começarem a escrever, eles já se expressavam de uma forma considerada artística. Quer saber como? O Stonehenge é um exemplo! Vem aprender mais com esta aula de Artes para mandar bem no Enem!

Nesta aula de Artes para o Enem, você vai conhecer um pouco mais sobre a Arte no Período Neolítico. Mas, para isso, é preciso que você saiba algumas diferenças que dividiram a Arte na Pré-história. Isso porque a Arte, assim como a História, encontra-se “dividida” em períodos. No caso da Pré-história, ela foi dividida em Paleolítico, Neolítico e Idade dos Metais.

Características do período Neolítico

O período chamado Neolítico, que também é conhecido como Idade da Pedra Polida, abrange o período entre 8000 a.C. e 4000 a.C. Foi no Neolítico que os instrumentos de pedra polida foram usados para produzir o tear e a enxada. Uma descoberta que marcou este período foi de como produzir fogo através do atrito entre pedras. No artesanato, destaca-se a cerâmica e a técnica de tecer panos.

Mas uma das características mais importantes deste período foi o desenvolvimento da agricultura e da criação de animais. Essa inovação resultou na transformação do modo de vida dos seres humanos. Eles passaram a cultivar a terra, plantando sementes e colhendo os alimentos para sua sobrevivência. Por causa disso, os grupos humanos começaram um processo de sedentarização, pois não precisavam mais migrar em busca de alimentos. Além disso, a disponibilidade de comida permitiu o crescimento da população.

Foi ainda durante o Neolítico que o homem primitivo passou a viver em comunidades, formando pequenas vilas. Surgiu uma divisão social, na qual os homens passaram a ser responsáveis pela caça e as construções de moradias. Já as mulheres apropriam-se do plantio e dos trabalhos artesanais, como a cerâmica e a tecelagem.

Nessa época, mudanças climáticas fizeram com que as caças dos animais ficassem mais difíceis e escassas. Com isso, os seres humanos primitivos começaram a abandonar as cavernas e a construir suas próprias moradias: as cabanas de pedra.

A descoberta da domesticação do fogo teve importância crucial nesse processo. Ela permitiu que o homem primitivo pudesse iluminar as suas moradias e se aquecer através da chama do fogo, além de poder cozinhar os alimentos, ampliando sua fonte nutricional.

Agora que já conhecemos o contexto, vamos aprender sobre as formas de arte no Neolítico?

Cerâmicas Neolíticas

Os indivíduos do Neolítico descobriram a técnica de fabricar a cerâmica, na qual peças de barro viravam utensílios e vasos. A cerâmica produzida não foi apenas de uso doméstico – como para guardar os alimentos -, mas também era usada de maneira decorativa.

As pinturas decorativas da cerâmica foram marcadas pelo estilo geométrico, como linhas, curvas, quadrados, círculos. Dessa maneira, os desenhos aplicados sobre as peças de cerâmica caracterizavam a geometrização e abstração. Assim, podemos considerá-las obras de arte características do Neolítico.

Nas cavernas do período Neolítico, as paredes continham pinturas com cenas de dança, onde os personagens desenhados demonstravam estar em movimento. Estes personagens em movimentos instigam para diversas interpretações, como de domesticação ou de caça dos animais.

arte no neolítico
Figura 1: Agrupamento de Reses junto aos estábulos, Museu do Homem, Paris. Fonte: http://www.historiadasartes.com/nomundo/arte-na-antiguidade/pre-historia/#jp-carousel-799

Cultura Megalítica

No período Neolítico encontramos um tipo de manifestação chamado cultura megalítica. Esses monumentos megalíticos são grandes blocos de pedras que estão organizados de diferentes maneiras. Ora estão em conjunto, ora se encontram isolados. As construções que marcam este período são de enormes pedras que estão erguidas e organizadas, sendo chamadas de dólmens e menires. Para isso, você precisa conhecer o que significam essas construções que marcaram o período Neolítico. Então vamos lá!

Os dólmens eram organizados de forma que duas ou mais pedras muito grandes eram colocadas verticalmente no chão, e sobre elas estão colocadas outras pedras na posição horizontal. As estruturas podem ser comparadas ao formato de paredes e telhados ou também de uma mesa. Os dólmens são considerados monumentos tumulares coletivos e formas de arte do Neolítico.

arte no neolítico
Figura 2: Dólmem em, Gerona, Espanha. Fonte:http://www.historiadasartes.com/nomundo/arte-na-antiguidade/pre-historia/#jp-carousel-804

Já as pedras que são chamadas de menires estão organizadas em grandes fileiras estreitas. Encontram-se em posições isoladas pelas paisagens. Temos menires considerados patrimônios históricos da humanidade, como o que está localizado na cidade de Carnac, na França. Os menires de Carnac mostram vários alinhamentos de grandes pedras, distribuídos em 10 fileiras. Encontra-se em uma área de 13 Km² com mais de 10 mil blocos de pedras dom 3,5 metros de altura.

arte no neolítico
Figura 3: Menires em Carnac, França. Fonte: http://novaordemnews.blogspot.com/2015/09/novo-stonehenge-5-vezes-maior.html
Sítio arqueológico “Stonehenge”

O sítio arqueológico ou santuário “Stonehenge” é um dos mais conhecidos monumentos de pedra do período Neolítico. Foi construído por volta de 3000 a. C. e encontra-se na Inglaterra, na cidade de Salisbury. A organização das pedras em um círculo é chamada de cromeleque.

As pedras que compõem o Stonehenge foram trazidas de áreas distantes, tudo de maneira bem primitiva. Essas pedras possuem cerca de quatro metros e pesam cerca de 50 toneladas. O curioso é que não foi utilizado nenhum material para fixar as pedras no chão, como a argamassa. Já foi cogitado que a disposição das pedras representa túmulos dos mortos. Outros estudiosos consideram que elas também poderiam ter sido usadas para celebrações e rituais religiosos.

O sítio arqueológico “Stonehenge” é considerado uma das maravilhas do mundo pré-histórico.

arte no neolítico
Figura 4: Stonehenge. Fonte :http://www.historiadasartes.com/nomundo/arte-na-antiguidade/pre-historia/stonehenge/#jp-carousel-817

 

Para fixar o conteúdo, assista o vídeo do Youtube sobre a Arte no Neolítico.

Exercícios:

01) (UFRGS-RS) Foi fator decisivo para a sobrevivência dos povos do período Neolítico:

a) a utilização de metais como cobre e bronze.

b) o nomadismo típico dos povos caçadores e coletores.

c) a revolução agrícola.

d) a revolução urbana e a formação dos impérios tecnocráticos.

e) a formação de religiões monoteístas.

 

02) (UFPE-1996) Na Pré-História encontramos fases do desenvolvimento humano. Qual a alternativa que apresenta características das atividades do homem na fase neolítica?

a) Os homens praticavam uma economia coletora de alimentos.

b) Os homens fabricavam seus instrumentos para obtenção de alimentos e abrigo.

c) Os homens aprenderam a controlar o fogo.

d) Os homens conheciam uma economia comercial e já praticavam os juros.

e) Os homens cultivavam plantas e domesticavam animais, tornando-se produtores de alimentos

 

03) (Udesc) O estudo da Pré-História abrange um longo período da história humana. Uma das periodizações mais conhecidas distingue pelo menos dois grandes períodos. Sobre esses períodos e suas distinções, é incorreto afirmar:

a) No período denominado como neolítico dá-se a descoberta e o controle do fogo, uma das maiores conquistas desse período, que permitiu aos seres humanos a fundição dos metais.

b) De modo bem geral, o período paleolítico está para as sociedades de caçadores-coletores assim como o período neolítico está para a agricultura e a criação de animais.

c) Tanto o termo paleolítico quanto o neolítico referem-se à forma de tratamento da pedra.

d) O período denominado como paleolítico se inicia há aproximadamente 4 milhões de anos, e se estende até cerca de 10000 anos.

e) O período denominado como neolítico se inicia há aproximadamente 8000 a.C. e se estende até, aproximadamente, 4000 a.C.

 

Gabarito:

01) C

02) E

03) A

Sobre o(a) autor(a):

O texto acima foi elaborado pela Prof. M.ª Adriana Beatriz Pacher Raach. Adriana é formada em Artes Plásticas pela FURB/SC, pós-graduada em História da Arte pela AUPEX/SC, pós-graduada em Mídias na Educação pela FURG/RS e Mestre em Educação pela Unilasalle/RS. Atua nas redes particular e pública como professora de Arte na grande Florianópolis. Leciona a disciplina de Arte desde 2005 para turmas da educação infantil até o ensino médio. E-mail: [email protected]

Compartilhe: