Economia brasileira no contexto da América do Sul

Em 2018, a economia brasileira foi considerada a nona economia mundial pelo FMI. Mas em relação aos demais países da América do Sul, será que o Brasil possui melhor ou pior desempenho? Vamos aprender mais este conteúdo para o Enem!

Apesar de possuir foco econômico voltado ao mercado externo, comparado com os demais países da América do Sul a economia brasileira é bastante diversificada. Além de no último ano ter sido classificada como a nona economia mundial, foi considerada a primeira de toda América Latina.

Veja nesta aula a economia brasileira no contexto da América do Sul e mande bem em geografia no Enem e nos vestibulares!

logo da mercosul
Figura 1: Logo do Mercosul.

 

Principais atividades da economia brasileira

Além de sua riqueza em minerais, o Brasil, por possuir uma grande extensão territorial, realiza o cultivo de muitos produtos agrícolas. Essa produtividade diversificada, deve-se à variedade de climas ao longo do país.

A variedade de produtos, faz com que a economia do país seja uma economia sólida e competitiva perante o mercado externo, que atualmente é o que movimenta a economia do país.

As atividades industriais e agropecuárias, são as que mais contribuem para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do país. Deste modo, no ano de 2008, o país apresentou um crescimento gradativo e significativo de seu PIB. No ano de 2008 o crescimento do PIB brasileiro foi de aproximadamente 5%, comparado ao número do ano de 2007, e no ano de 2010, 7,5%.

Atualmente, o PIB do Brasil é de 2,056 trilhões. É importante ressaltar que o valor do PIB é puramente econômico e não nos mostra qual país possui as melhores condições de vida.

Apesar de o Brasil possuir o maior PIB da América do Sul, países como por exemplo o Uruguai, que possui PIB de 56,16 bilhões tem um melhor IDH. O Uruguai é um país com índice de qualidade de vida elevado, tendo em vista o bom funcionamento de seus serviços públicos.

Mesmo possuindo um produto interno bruto alto, nos últimos anos, o Brasil tem mostrado menor crescimento que outros países da América do Sul. Após o aumento em 2010 de 7,5%, durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o aumento do PIB brasileiro passou a ter um crescimento bastante fraco, sendo ultrapassado por países como Colômbia, Bolívia, Peru, Uruguai e Chile em questão de crescimento.

Importações e exportações

De todo modo, atualmente o que comanda a economia brasileira são as exportações. Os principais produtos exportado pelo Brasil são a soja, minério de ferro, cana de açúcar, carne de frango, carne bovina, café, petróleo e celulose, sendo a soja, o carro chefe de exportação do país.

Mercado interno

Enquanto os produtos agrícolas destinados à exportação vão sendo cada vez mais priorizados na produção latifundiária, os produtos básicos para o mercado interno, que compõe a alimentação diária do povo brasileiro, vêm diminuindo. Isso, em breve, pode causar problemas econômicos sérios para o país.

Os principais responsáveis pela produção destes produtos agrícolas destinados ao mercado interno, são as famílias que ainda praticam a agricultura familiar. Visando prevenir o problema citado acima, esse tipo de agricultura passou a ser subsidiada por meio de programas durante o governo Lula.

Porém, mesmo com o subsídio de programas federais, a agricultura familiar no Brasil continuou diminuindo. Enquanto isso, em países como a Argentina, 71% dos agricultores são familiares.

Nos últimos anos, o ramo de serviços em tecnologia no Brasil cresceu bastante, principalmente na área de criação de softwares e sistemas industriais, com a presença de polos tecnológicos espalhados por todo país.

O Brasil e o Mercosul

A América do Sul possui um bloco econômico sub-regional próprio, o qual o Brasil também faz parte, o MERCOSUL. O Mercado Comum do Sul é composto pelos seguintes países: Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Tem como países associados Chile, Bolívia, Peru, Colômbia e Equador e facilita as relações econômicas entres os países do subcontinente americano.

Assista nossa aula para sobre o Brasil na América do Sul e continue estudando com a gente:

Questões

(IFBA/2018)    

“Pecuária é responsável por mais de 80% do desmatamento no Brasil”

Expansão de pastos foi o principal fator para desmatamento na América Latina, de acordo com estudo.

No último mês, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) lançou o relatório Estado das Florestas do Mundo 2016, que traz números sobre o desmatamento no Brasil e América Latina, entre outros países.

Segundo o estudo, entre 1990 e 2005, 71% do desmatamento na Argentina, Colômbia, Bolívia, Paraguai, Peru, Venezuela e Brasil foi devido a demanda de pastos; 14% os cultivos comerciais, e menos de 2% infraestrutura e expansão urbana. A expansão dos pastos causou a perda de ao menos um terço das florestas em seis países analisados. Na Argentina, a expansão dos pastos foi responsável por 45% do desmatamento e a expansão de terras de cultivo comerciais respondeu por mais de 43%. No Brasil, mais de 80% do desmatamento estava ligado à conversão de terras em terrenos de pasto.”

Disponível em: <http://amazonia.org.br/2016/09/ pecuaria-e-responsavel-por-mais-de-80-do-desmatamento- no-brasil/> Acesso em 7 ago. 2017.

A leitura do trecho da reportagem revela dados importantes e também preocupantes sobre a atual situação de ameaça em que se encontram alguns dos biomas mais importantes do continente latino-americano, especialmente o bioma amazônico. Sobre esse quadro alarmante e a sua relação com a expansão das atividades humanas sobre os ecossistemas na América do Sul, assinale a alternativa correta:

a) Nos últimos anos, apesar das iniciativas bem-sucedidas de organizações ambientais no combate ao desmatamento das florestas e ecossistemas tropicais, verificou-se um aumento expressivo do desmatamento causado especialmente pela expansão das cidades na América Latina.

b) O trecho da reportagem revela uma triste tendência atual de transferência de atividades de cultivo comercial de países latino-americanos em crise, como Venezuela e Bolívia, para países que se encontram em processo de crescimento econômico mais acelerado, como o Brasil.

c) O Brasil tornou-se um notório produtor e exportador mundial de carne bovina neste século, o que tem levantado debates tanto relacionados à questão social de acesso à terra e ameaças aos povos da floresta, quanto à questão ambiental desencadeada pelo vigoroso aumento do desflorestamento para formação de pastagens.

d) A Amazônia, por ser um bioma que ocorre exclusivamente no território brasileiro, tornou-se prioridade nas políticas de demarcação de terras e de conservação do governo brasileiro, que restringe frequentemente as atividades agropecuárias e de mineração na região desde a década de 1980.

e) Ainda que a reportagem citada aponte para um quadro de forte degradação socioambiental na região, percebe-se uma tendência clara de abandono da pecuária bovina, em especial no Brasil, onde escândalos recentes de corrupção levaram o governo brasileiro a proibir as exportações de carne para diversos países.

Gabarito: C

 

(IFBA/2018)    

 

modelo sociedade brasileira
Disponível em: http://agroecoculturas.org/politicas-publicas/. Acesso em 26 jul. 2017.

 

Considere o gráfico anterior e assinale a alternativa correta.

a) O gráfico revela a importância do agronegócio para a produção de comida, sendo este o grande responsável por boa parte da produção de alimentos que chegam à mesa dos brasileiros.

b) O crédito aplicado na agricultura camponesa é diretamente proporcional a sua produção global e à mão de obra ocupada.

c) O Agronegócio é responsável pela maioria da mão de obra empregada no campo.

d) A agricultura camponesa representa a minoria das terras agricultáveis no Brasil, porém é a grande responsável pela produção de alimentos.

e) No agronegócio, a relação crédito x produção de comida é bastante equilibrada.

Gabarito: D

(IFRS/2017)    

Leia as afirmações abaixo sobre o MERCOSUL.

I. O MERCOSUL ou Mercado Comum do Sul é um bloco econômico regional formado pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

II. O objetivo principal do MERCOSUL é a integração dos países membros por meio da livre circulação de pessoas, bens e serviços, além do estabelecimento de uma política econômica comum.

III.   Todos os países da América do Sul fazem parte do MERCOSUL, seja como países membros, seja como países associados.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas II.

b) Apenas I e II.

c) Apenas I e III.

d) Apenas II e III.

e) I,II e III.

Gabarito: D

 

 

 

Sobre o(a) autor(a):

Este texto foi elaborado pelo geógrafo e professor de Geografia Marcelo de Araújo para o Curso Enem Gratuito. Marcelo é formado em Geografia (licenciatura) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atualmente trabalha como autônomo. https://www.facebook.com/mdearaujo22