Escalas cartográficas e resoluções de exercícios

Veja aqui o que são e como funcionam as escalas cartográficas para se preparar para a prova de Geografia do Enem.

As escalas cartográficas são fundamentais para a produção de mapas e também aparecem frequentemente nas provas do Enem. Veja aqui o que são e como funcionam as escalas cartográficas.

A escala de um mapa consiste na relação entre a dimensão das informações apresentadas em um mapa, comparadas com o tamanho real do objeto representado através da cartografia. Com a cartografia temos um grande auxílio para a Geografia, que necessita da representação do espaço para seus estudos.

Vem com a gente revisar as escalas cartográficas para mandar bem em geografia no Enem e nos vestibulares!

a evolução da cartografia
Figura 1: Mapa antigo representando a cartografia e sua evolução.

 

Como os mapas são produzidos de forma reduzida quando comparados com o objeto real, a escala é responsável por indicar à pessoa que está utilizando determinado mapa, uma noção do tamanho real do que está ali apresentado.

Simplificando, a escala é a relação entre o tamanho do que está representado em um mapa e o tamanho real do objeto. Deste modo, temos a representação da escala na forma de uma fração, como por exemplo: 1:50000.

Mas o que isso significa? Bom, no exemplo de escala 1:50000, temos então uma representação cartográfica onde 1 centímetro do mapa equivale a 50.000 centímetros na realidade.

Existem três tipos de escala, sendo eles: escala natural, escala reduzida e escala ampliada. A escala natural, é representada numericamente como 1:1 ou 1/1 e é utilizada quando o tamanho real do objeto representado no mapa, é o mesmo que o da representação.

A escala reduzida é utilizada quando a representação não possui uma dimensão equivalente à realidade, sendo utilizada geralmente em mapa de territórios, regiões ou plantas de imóveis. A escala citada anteriormente aqui, 1:50000 é um exemplo de escala reduzida.

Por fim, a escala ampliada é utilizada quando a representação gráfica é maior que a realidade. Geralmente é utilizada para espaços com dimensões reduzidas. Em um caso como este a escala apareceria com a seguinte apresentação:

Ex.: 300:1 ou 60:1.

Além de possuir estes três tipos diferentes, a escala pode ser representada de forma numérica ou gráfica, como você pode observar na imagem a seguir.

escala cartografica numerica e grafica
Figura 2: Imagem representando a diferença entre escala numérica e escala gráfica.

 

A escala de um mapa é inversamente proporcional. Isso quer dizer que: quanto maior o denominador da fração, menor será a área apresentada no mapa, ou seja, este mapa será de menor escala, apresentando menos detalhes.

Quanto menor o denominador, a escala será maior e apresentará mais detalhes, como podemos analisar na imagem a seguir:

escalas cartográficas maior x escala menor
Figura 3: Imagem representando a diferença entre maior e menor escala.

 

Agora, para você entender melhor como resolver exercícios envolvendo escalas, resolvemos alguns passo-a-passo para você aprender. Vamos ver?

1 – (UFRGS/2017) Em um mapa do Brasil, cuja escala é 1: 25.000.000, a distância em linha reta, entre Porto Alegre (RS) e Palmas (TO), é de 9 cm.

A partir dessa informação, assinale a alternativa que indica a distância real, em quilômetros, em linha reta, entre Porto Alegre e Palmas.

a) 225.

b) 900.

c) 2.250.

d) 9.000.

e) 22.500.

Acompanhe a resolução: Como já vimos aqui nesta aula, a escala representa quanto 1 centímetro do mapa, representa na realidade. Neste caso 1 centímetro do mapa do Brasil utilizado, representa 25.000.000 de centímetros da realidade.

Como a distância entre Porto Alegre (RS) e Palmas (TO) é de 9 centímetros no mapa, para descobrir a distância real, precisamos multiplicar 9 centímetros por 25.000.000 centímetros.

Realizamos este cálculo para chegar ao resultado, pois 1 centímetro do mapa corresponde a 25.000.000 centímetros da realidade e a distância traçada no mapa corresponde a 9 centímetros.

Realizando o cálculo, temos o resultado de 225.000.000 centímetros, então esta é a distância real entre Porto Alegre (RS) e Palmas (TO). Como o enunciado pede a resposta em quilômetros, utilizamos a escala de conversão de medidas para transformar este valor em quilômetros. Por fim, chegamos ao resultado de 2.250 quilômetros, alternativa de letra C.

Para revisar e aprofundar este conteúdo que mescla a Geografia com a Matemática, deixamos os vídeos do nosso canal que tratam sobre as escalas cartográficas e os exercícios a seguir!

Agora, que tal testar seus conhecimentos em escalas cartográficas?

.

Sobre o(a) autor(a):

Este texto foi elaborado pelo geógrafo e professor de Geografia Marcelo de Araújo para o Curso Enem Gratuito. Marcelo é formado em Geografia (licenciatura) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atualmente trabalha como autônomo. https://www.facebook.com/mdearaujo22