O que é Socialismo e Capitalismo: diferenças e contextos históricos

Hora de se garantir em perguntas clássicas de Ciências Humanas: O que é o Socialismo? O que é o Capitalismo? O que é o Comunismo? Veja resumo gratuito.

O que é o Socialismo? O que é o Capitalismo? Você conhece as respostas, ou fica ainda um tanto perdido(a) na discussão política sobre estas duas formas se organizar a parte econômica dos governos? O tema parece complexo, mas dá, sim, para entender bem como é cada sistema e as diferenças entre Socialismo e Capitalismo. Confira aula gratuita e no final do texto, 10 exercícios para resolver e testar seus conhecimentos.

O que é o Socialismo, Capitalismo e o Comunismo

O primeiro passo para você não se perder no meio do debate político é ir na origem, buscar como, quando, onde, e quem foram os pensadores que organizaram as ideias que até hoje polarizam o mundo sobre os caminhos da sociedade.

A industrialização inglesa no Século XVIII foi o início de um processo de transformação global em termos sociais, culturais, econômicos, políticos e ecológicos, sem precedentes. O investimento da burguesia na otimização da produção fabril tinha um objetivo claro: a maximização de lucros.

Esse processo teve um custo humano muito alto: homens, mulheres, crianças e idosos moviam essa economia trabalhando em exaustivas jornadas diárias de até 14 horas, com remuneração escassa e constantemente sujeitos a acidentes de trabalho.

Foi nesses contexto que surgiram várias correntes de pensamento que buscaram criticar o capitalismo industrial. Veja na aula do prof Felipe quais foram essas doutrinas e suas principais características.

Para maior entendimento, vamos ver a transcrição do vídeo.

As doutrinas sociais do século XIX são correntes de pensamento que criticaram o capitalismo industrial e propuseram soluções principalmente no sentido de ou amenizar ou de acabar de vez com a desigualdade social. Vamos falar de 4 delas: socialismo utópico, socialismo científico, socialismo cristão e anarquismo.

O que é o Socialismo Utópico

Saint-Simon defendia a socialização dos meios de produção, mas não chegou a falar de uma mudança estrutural da sociedade. Robert Owen foi um industrial que promoveu uma série de melhorias nas condições de trabalho de seus operários.

Ou seja, Robert Owen tinha ideias bastante reformistas que pretendiam humanizar o capitalismo. Por fim, Charles Fourier criticava a formação dos grandes impérios do século XIX – ele defendia os falanstérios, comunidades agroindustriais coletivistas.

O que é o Socialismo Científico (ou Marxismo)

Essa doutrina também é chamada de materialismo histórico. Foi pensada por Karl Marx e Friedrich Engels. Para Marx, as grandes transformações históricas sempre ocorrem por causa das lutas de classes (relacionadas às condições materiais e socioeconômicas).

Por que existe desigualdade social no capitalismo? Marx explica isso a partir de três fundamentos: A mais-valia; A ropriedade privada; e o Estado liberal burguês.

É importante ressaltar que para Marx, muito além de refletir sobre a sociedade seria importante botar as ideias em prática. Como acabar com o capitalismo, segundo Marx? Em duas etapas: socialismo e comunismo. Veja a diferença entre esses dois termos!

O que é o Socialismo Cristão

reconhece os grandes males do capitalismo industrial, mas ao mesmo tempo critica o marxismo. O Socialismo Cristão defende a função regularizadora do Estado nas relações de trabalho, a fim de minimizar as consequências desse sistema.

ANARQUISMO: há vários autores anarquistas, mas aqui nessa aula o prof separou os pensadores Bakunin, Malatesta e Proudhon. Veja na aula em vídeo acima as principais características dessa doutrina.

Diferenças entre o que é o Socialismo e o Capitalismo

A polarização causada pelas eleições presidenciais de 2018 no Brasil, entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad no segundo turno fez com que palavras, pouco conhecidas por muitos, se tornassem correntes na boca do povo: Socialismo e capitalismo são grandes exemplos disso.

Mas, o que é o Socialismo? O que significa ser capitalista? Vem que o professor Carrieri explica neste resumo simples e rápido.

Gostou do resumo com o professor Raphael Carrieri? Ele é um dos campeões de audiência do canal de aulas do Curso Enem Gratuito.

Veja agora a transcrição da aula para você entender o que é o Socialismo e o que é o Capitalismo:

Como surge o capitalismo? Através de um rompimento com o regime monárquico absolutista e com o mercantilismo. A nobreza europeia tinha suas bases econômicas baseadas no mercantilismo, tanto é que eles financiavam as grandes navegações.

E surge uma burguesia que quer romper com o regime monárquico vigente. Começaram a brigar por mais direitos, para que a realeza não tivesse tanto poder sobre a vida deles. Ou seja: redução de impostos e direitos individuais. Então junto com o capitalismo, começa-se a pensar já em características essencialmente liberais.

Então a monarquia absolutista começa a perder força, o mercantilismo começa a se enfraquecer, e é aí então que a burguesia começa a se fortalecer. Temos aí também o advento da revolução industrial e da máquina à vapor! O capitalismo vai surgir nessa transição entre o mercantilismo e a revolução industrial.

A revolução industrial vai ser então o pontapé final para alcançar seu estágio de dominação. Nesse período, então, principalmente no século XVIII (que é quando a revolução industrial acontece), a gente passa a ter a propriedade privada como tônica e a lei da oferta e da procura relacionando as relações econômicas.

Mudanças na sociedade

E ai, então, nesse contexto começa-se a discutir uma sociedade diferente, já que a revolução industrial vai ser marcada por uma superexploração do trabalhador. Como assim? Trabalho infantil, jornadas de 12 a 16 horas e salários baixos. O socialismo surge como resposta à essa superexploração e ele vai ter dois modelos.

O primeiro modelo era o socialismo utópico (pensado por Robert Owen e Charles Fourrier), que tinha como base o pensamento de que a própria sociedade se encaminharia espontaneamente para uma mudança em relação ao modelo capitalista que levaria ao socialismo sem que fosse necessário que os agentes/atores sociais fizessem grandes movimentos.

Essas desigualdades do sistema, que levavam à exploração, abrandariam a partir do momento que a sociedade se ajustasse automaticamente. Já o socialismo científico (idealizado por Karl Marx e Friedrich Engels), diz que essa ruptura ao modelo instalado só poderia vir através da luta de classes.

Ou seja, seria necessário que o trabalhador tomasse as rédeas do sistema, estabelecendo uma ditadura do proletariado acabando com a propriedade privada dos bens de produção. Então, os meios de produção seriam destinados ao bem estar da sociedade e não mais exclusivamente dos proprietários privados.

Desta forma, os bens de produção teriam uma função social e não mais uma função privada. Eliminariam-se as classes sociais a partir de uma luta de classes.

Simulado sobre o que é o Socialismo e o Capitalismo

.

Mandou bem nas respostas do Simulado sobre o que é o Socialismo e o Capitalismo? Se você não gabaritou pelo menos 7 questões “de primeira” é hora de revisar mais a fundo. Veja aula gratuita sobre as Teorias Políticas e formas de governo.

Compartilhe: