Acidentes nucleares – Exercícios de Química

Avalie seus conhecimentos de Química com a lista de exercícios sobre acidentes nucleares. Antes de resolver as questões, confira um resumo sobre o assunto!

A energia nuclear, obtida a partir da fissão do núcleo do átomo de urânio enriquecido, tem a grande vantagem de não gerar gases de efeito estufa. No entanto, acidentes nucleares que podem ocorrer nas usinas apresentam riscos gravíssimos para a saúde humana e para o meio ambiente.

Por isso, é um assunto que costuma cair no Enem e em vestibulares. Confira nosso resumo sobre os principais acidentes nucleares da história e resolva exercícios que envolvem características desses acidentes.

Resumo sobre acidentes nucleares

Os acidentes nucleares ocorrem quando problemas no funcionamento de usinas levam ao vazamento de lixo radioativo. Entre os acidentes mais famosos estão o de Chernobyl e o de Fukushima.

Publicidade

Acidente nuclear em Chernobyl

O maior acidente nuclear da história ocorreu em 1986, na cidade de Chernobyl, atual Ucrânia. No dia do acidente, foram feitos testes de segurança num dos reatores da usina nuclear da cidade. Esse teste simulava uma falta de energia na estação, durante a qual os sistemas de segurança de emergência e de regulagem de energia são desligados.

Como consequência, vários elementos químicos foram expostos na atmosfera, como o xenônio-133, o iodo-131, o telúrio-132 e o mais perigoso de todos, o césio-137. Como este último elemento possui meia-vida de 30 anos, a ocupação da cidade tornou-se impossível.

Usina de Chernobyl - Acidentes nucleares
Fotografia da Usina de Chernobyl parcialmente destruída após a explosão do reator 4 em 1986. Fonte da imagem: tecmundo.com.br

Acidente nuclear de Fukushima

No dia 11 de março de 2011, um terremoto de grandes proporções ocorreu no Japão. Em seguida, houve um tsunami que atingiu a usina nuclear de Daiichi, em Fukushima.

O sistema de resfriamento dos reatores sofreu sérios danos. Apesar dos esforços dos técnicos, 3 reatores superaqueceram e explodiram, liberando vários materiais radioativos na atmosfera e no mar.

Os níveis de radiação no entorno da usina superaram em 8 vezes o limite de segurança permitido. Por isso, cerca de 200 mil pessoas precisaram ser evacuadas de suas casas. Além disso, milhares de plantações foram interditadas e o consumo de água cortado.

Videoaula sobre radioatividade

Para entender melhor como usinas nucleares funcionam, confira a aula da professora Larissa no nosso canal:

Exercícios sobre acidentes nucleares

Teste seus conhecimentos sobre radioatividade e acidentes nucleares com a lista de exercícios:

.

Por fim, saiba mais sobre o acidente nuclear de Chernobyl com o post do nosso perfil no Instagram:

Compartilhe: