Paisagem: Agentes exógenos

Você sabia que a paisagem é modelada por determinados agentes? Vem com a gente aprender quais são estes agentes transformadores! Revise Geografia para o Enem!

A paisagem está em constante modificação. Mas, quem são os agentes exógenos (ou agentes transformadores da paisagem)? Antes de falar deles, é preciso lembrar que as paisagens podem ser paisagens naturais ou paisagens culturais. Sendo assim, você já pode saber que com certeza os agentes transformadores de cada tipo de paisagem são diferentes, já que estas possuem características diversas.

paisagem brasileira exemplo
Figura 1: Imagem de paisagem brasileira.

 

Agentes exógenos

Os agentes exógenos são conhecidos também como agentes transformadores da paisagem. Eles causam a mudança de uma paisagem com o passar do tempo. As alterações visíveis são responsáveis pela modelação do relevo, alterando a “aparência” de determinada área.

  • Intemperismo

O intemperismo é um fenômeno causado por um conjunto de processos químicos, físicos e biológicos, que promove o desgaste das rochas e as transformam em solo. As rochas estão presentes em todas as partes do globo, e em cada ponto da superfície temos condições climáticas diferentes e composições de rochas também diferentes.

As rochas, quando expostas a intensa variação de temperatura por exemplo, vão se desintegrando. Isso caracteriza um tipo de intemperismo físico responsável por modificar a paisagem. A presença de muitas chuvas pode causar também a degradação da rocha, assim como o clima árido.

Quando temos a presença de água no processo de intemperismo, o processo pode ser físico ou químico. O intemperismo físico causa a degradação mecânica da rocha, como por exemplo a quebra ou a ruptura. Já o intemperismo químico causa reações químicas ao entrar em contato com os minerais. Aos poucos ele transforma as características químicas da rochas que compõe determinada paisagem.

  • Ação eólica, das águas e glacial

Além do intemperismo, são considerados agentes transformadores a ação dos ventos, das águas e do gelo. O vento, por exemplo, é responsável pelo transporte e deposição de sedimentos e também pela erosão. Grande parte dos desertos do mundo são formados por ação do vento.

Já a água compõe os principais corpos modificadores do relevo e consequentemente da paisagem, os rios. Os rios são responsáveis por abrir vales, formando planícies de inundação e de depósito de sedimentos. A deposição de sedimentos ocorre de acordo com a velocidade das águas. Quando a velocidade é maior, sedimentos maiores são carregados, enquanto se a velocidade é menor, os sedimentos serão menores.

A ação pluvial, ou seja, da chuva, também é considerada um agente e atua de três formas. A primeira forma é através do impacto das gotas de água que caem no solo exposto. Ao cair na superfície do solo, as gotas da chuva transportam as partículas de solo, este processo é chamado de splash ou salpicamento.

A segunda forma ocorre quando a quantidade de chuva é maior do que a absorção do solo, causando o escoamento superficial. Isso forma uma lâmina de água sobre o solo que carrega as partículas de solo e sedimentos para outro local. Este escoamento pode causar corrida de sedimentos em encosta.

Já a terceira forma ocorre quando a água da chuva infiltra nos solos de encosta tornando-o um solo saturado. A partir do momento que o solo está saturado podem acontecer deslizamentos de terra.

agentes transformadores da paisagem
Figura 2: Exemplo de deslizamento de terra alterando a paisagem.

 

O fenômeno conhecido como erosão marinha, também pode modificar uma paisagem. Isso porque a movimentação do mar nas encostas está a todo momento depositando e retirando sedimentos na praia. O mar também é responsável pelas modificações do tamanho da faixa de areia ao longo do dia por conta da maré.

Por fim, a erosão glacial, através do derretimento de geleiras, é responsável por aumentar o nível da água na localidade e formar novos corpos da água, como por exemplo, lagos. Além disso, pode ocorrer a deposição de blocos rochosos carregados por geleiras.

  • Ação antrópica

Até agora citamos somente agentes naturais que podem transformar as paisagens. Porém o ser humano está alterando as paisagens a todo momento. Através da tecnologia, o ser humano foi aperfeiçoando suas técnicas e vencendo certas barreiras que antes existiam e impossibilitavam a modificação do espaço geográfico e determinadas paisagens.

Estas mudanças causadas pelo homem vão desde as alterações de encostas, canalização de rios, criação de ilhas artificiais, mudanças que estão mais relacionadas às paisagens naturais, às mudanças da paisagem cultural.

As mudanças causadas pelo homem na paisagem cultural, estão relacionadas à construção de novas edificações e mudanças de espaços urbanos que antes possuíam características diferentes.

Também estão relacionadas aos espaços onde a interação homem/meio estão presentes. Como exemplo deste tipo de modificação, temos a construção de casas em encostas que antes eram ocupadas pela vegetação.

Os exemplos de modificação da paisagem são infinitos, tendo em vista que todo está em constante mudança, com o passar do tempo, as paisagens vão tomando novas configurações.

Para aprender mais sobre agentes exógenos, indicamos a videoaula a seguir e a resolução dos exercícios para fixar o conteúdo!

Questões sobre agentes exógenos

(UFJF MG/2007) Na seqüência a, b e c, observa-se a modificação da paisagem.

agentes exógenosagentes exógenosagentes exógenos

a) O que provocou essa modificação na paisagem?

b) Com base nas figuras, explique as transformações ocorridas no relevo.

Gabarito:

a) Esperava-se como resposta que o candidato reconhecesse os efeitos da Glaciação – Erosão Glaciária, Erosão Glacial, dentre outras – na diferenciação das três paisagens.

b) Esperava-se como resposta que o candidato citasse e explicasse algumas das várias transformações ocorridas no relevo, fruto, sobretudo, da ação erosiva da água e das geleiras (ou seja, a ação do gelo e do degelo), especialmente no período da glaciação e posterior a ela (desgaste do solo; formas “ásperas” resultantes; transformação dos vales em forma de “V” em vales em forma de “U”, surgimento de lagos; depósitos de sedimentos; presença de morainas e vales suspensos, etc).

(UEPB/2011) Observe os blocos-diagramas abaixo; neles estão representados alguns processos diferentes de modelagem do relevo terrestre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assinale com V ou com F as proposições abaixo, conforme sejam respectivamente Verdadeiras ou Falsas em relação aos processos erosivos que modelam as referidas paisagens.

(   )  O bloco-diagrama 1 mostra o trabalho do mar em uma costa plana, na qual o processo destrutivo de abrasão das ondas é mínimo, prevalecendo o processo de deposição na formação de restingas e lagunas.

(   )  A paisagem representada no bloco-diagrama 2 é típica de regiões úmidas, como o litoral brasileiro, onde predominam os mares de morros com relevo em forma de meias-laranjas cuja erosão pluvial é o principal agente modelador.

(   )  O bloco-diagrama 3 mostra uma paisagem alpina, inexistente no território brasileiro, esculpida pela erosão glaciária que cavou um vale em forma de “U” com picos piramidais, ásperos e pontiagudos.

(   )  A paisagem mostrada na figura 4 é típica das regiões desérticas ou semiáridas nas quais predominam a desagregação térmica das rochas, e a erosão eólica é a mais importante para modelagem do relevo.

A sequência correta das assertivas é

a) V V V F

b) F V V V

c) F V F V

d) V V F F

e) F F F V

Gabarito: B

(UEM PR/2013) No que se refere ao ciclo das rochas e às suas implicações na dinâmica da Terra, assinale o que for correto.

01) Qualquer rocha exposta à ação do vento, da chuva e da temperatura passa a sofrer a ação do metamorfismo, o qual promove a desintegração das rochas e a alteração da paisagem.

02) O ciclo das rochas é um processo ininterrupto de formação de rochas magmáticas ou ígneas, metamórficas e sedimentares. Ele ocorre principalmente com os movimentos da crosta terrestre, com o vulcanismo e com o intemperismo, afetando diretamente o modelado do terreno.

04) As áreas formadas por escudos cristalinos originamse de rochas magmáticas ou metamórficas antigas. Em alguns locais, esses escudos cristalinos podem abrigar reservas minerais metálicas, que constituem importante matéria-prima para as indústrias siderúrgica e metalúrgica.

08) É comum a presença de fósseis de animais e de vegetais nas camadas estratificadas e superpostas das rochas magmáticas.

16) Nos primórdios da história geológica do planeta Terra, a crosta terrestre era formada por rochas magmáticas e metamórficas.

Gabarito: 22

Sobre o(a) autor(a):

Este texto foi elaborado pelo geógrafo e professor de Geografia Marcelo de Araújo para o Curso Enem Gratuito. Marcelo é formado em Geografia (licenciatura) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atualmente trabalha como autônomo. https://www.facebook.com/mdearaujo22