Dinâmica e estrutura da população brasileira

 Você conhece a dinâmica populacional brasileira? Vamos revisar mais este conteúdo frequente nas questões do Enem!

A dinâmica populacional de determinado país, diz respeito a variação das estatísticas populacionais, ou seja, na quantidade de habitantes. E, como você já sabe, população é um conceito utilizado para designar o conjunto de habitantes de terminado território. E, cada território apresenta uma dinâmica e estrutura da população brasileira que varia de acordo com o conjunto de características socioeconômicas e históricas. Vamos juntos revisar a dinâmica e estrutura da população brasileira?

estrutura da população brasileira expectativa de vida
Figura 1: Mapa de expectativa de vida dos brasileiros por região.

Quando falamos da estrutura da população brasileira, é imprescindível falar sobre o aumento elevado da população em um curto período de tempo. Do ano de 2000 para o ano de 2010, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE), o crescimento da população brasileira foi de aproximadamente 12,3%.

As justificativas para o crescimento de uma população são principalmente duas: o aumento da imigração no país e o crescimento vegetativo.

Crescimento vegetativo

O crescimento vegetativo, também chamado de crescimento natural da população, consiste na diferença entre as taxas de natalidade e mortalidade. A taxa de mortalidade é determinada a partir do número de óbitos a cada 1000 habitantes. Pode ser calculada por meio da divisão entre o número de óbitos em determinado tempo, pela população total deste mesmo período.

A taxa de natalidade diz respeito ao número de nascidos vivos a cada 1000 habitantes. Calcula-se a taxa de natalidade, dividindo o número de nascidos vivos em determinado período de tempo, pelo número total da população no mesmo período. O resultado é multiplicado por mil por conta do padrão internacional destes dados, sendo representado em permilagem (‰).

Sendo assim, vamos simplificar: a taxa de natalidade é o resultado da divisão entre o número de nascidos vivos (a cada 1000 habitantes) dividido pelo número de habitantes.  Já a taxa de mortalidade é o número de falecimentos (a cada mil habitantes), dividido pelo número de habitantes.

Deste modo o crescimento vegetativo da população é obtido a partir da fórmula:

CV = Tn – Tm

Sendo “Tn” a taxa de natalidade e “Tm” a taxa de mortalidade. O crescimento pode ser positivo, quando o número de nascimentos é maior que o de mortes. Ou negativo, quando o número de mortes é maior que o de nascimentos.

crescimento vegetativo população brasileira
Figura 2: Gráfico de estimativas do crescimento vegetativo da população brasileira (IBGE, 1998)
Imigrações

A imigração é um fator que contribui bastante para o crescimento da população brasileira. Entre o ano de 1887 e 1930 aproximadamente 3,8 milhões de imigrantes entraram no Brasil.  Entre estes imigrantes, grande parte veio forçada para exercer o trabalho escravo, principalmente os povos africanos.

Atualmente as imigrações continuam, como exemplo, temos as imigrações em massa de haitianos para o Brasil. Esse movimento migratório começou após o terremoto ocorrido no ano de 2010 e ocorre até hoje. Um caso mais recente, é a imigração de venezuelanos no estado de Roraima.

terremoto 2010 haiti
Figura 3: Estragos do terremoto de 2010 no Haiti.
Estrutura da População brasileira hoje

Segundo o IBGE, em 2018 a população brasileira atingiu mais de 208 milhões de habitantes.

A taxa de fecundidade, que é a taxa de número de filhos por mulher, chegou em 2018 a 1,77. Taxa semelhante à 2010, quando atingiu 1,8 filhos por mulher. Segundo o IBGE, a tendência é que essa taxa diminua nas próximas décadas e que em 2060 tenhamos uma taxa de fecundidade de 1,66 no Brasil.

Para efeitos de comparação, segundo o Fundo de População das Nações Unidas (Funap), a taxa de fecundidade mundial em 2010 é de 2,52 filhos por mulher.

E aí? Conseguiu aprender mais sobre a estrutura da população brasileira? Beleza! Para tirar todas as suas dúvidas, recomendamos a videoaula a seguir e a resolução dos exercícios!

Questões

Questão 01 – (Faculdade São Francisco de Barreiras BA/2018)

O estudo da população é de fundamental importância para o governo, pois pode verificar as realidades quantitativa e qualitativa e, consequentemente, traçar planos e estratégias de atuação, além de desenvolver um planejamento de interesse social.

Considerando-se os conhecimentos referentes à população brasileira, é correto afirmar:

a) Os haitianos, segundo maior grupo de imigrantes, atualmente, no país, perdendo apenas para os venezuelanos, são considerados refugiados pela legislação brasileira.

b) A transição demográfica verificada no período pós Segunda Guerra Mundial ocorreu, entre outros fatores, em função da redução do crescimento vegetativo.

c) No século atual, em números absolutos, o Centro-Oeste tem sido a região do país que mais recebeu imigrantes de outras regiões devido, principalmente, à desconcentração industrial.

d) A adoção de novas tecnologias e processos, nos setores primário e secundário, causa o desemprego estrutual e consequente crescimento do setor terciário.

e) Na década de 80, do século passado, em franco processo de explosão demográfica, a pirâmide etária apresentava base estreita e corpo muito largo.

Gab: D

Questão 02 – (IFMT/2018)

O processo de crescimento populacional de um país envolve, basicamente, dois momentos: a imigração e o crescimento vegetativo (natural). Sobre o crescimento vegetativo todas as alternativas abaixo estão corretas, EXCETO:

a) o crescimento vegetativo é a diferença entre as taxas de natalidade e mortalidade.

b) o crescimento vegetativo é negativo quando a taxa de natalidade supera a taxa de mortalidade, como ocorre em alguns países europeus.

c) o crescimento vegetativo no Brasil está diminuindo, e um dos fatores para essa ocorrência é a redução nas taxas de fecundidade da mulher brasileira.

d) o crescimento vegetativo é positivo quando a população aumenta naturalmente, como ocorre na maioria dos países subdesenvolvidos.

e) crescimento populacional nulo ocorre em muitos países desenvolvidos, onde as taxas de natalidade e mortalidade são semelhantes.

Gab: C

Questão 03 – (UNIPÊ PB/2017)

A população brasileira cresceu bastante e estima-se que, até o ano de 2025, o Brasil terá quase 250 milhões de habitantes.

Com base nos conhecimentos acerca da população brasileira, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas.

(   ) O movimento sazonal realizado por nordestinos do sertão semiárido para a Zona da Mata, durante o corte da cana-de-açúcar, é denominado transumância.

(   ) O envelhecimento da população nos últimos anos decorre do aumento do crescimento vegetativo e da longevidade.

(   ) O processo de descentralização das atividades produtivas constitui uma causa das mudanças dos fluxos migratórios atuais.

(   ) O Sul é, atualmente, a região brasileira com o maior número de imigrantes e, entre as principais causas desse fato, está a expansão do agronegócio nos minifúndios.

(   ) A redução progressiva da fecundidade nas últimas décadas vem mudando a configuração da base da pirâmide etária do pais.

A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo é, a

  1. F V V F V
  2. V F V F V
  3. F V V F F
  4. F F F V V
  5. V F F V F

Gab: 2

 

Sobre o(a) autor(a):

Este texto foi elaborado pelo geógrafo e professor de Geografia Marcelo de Araújo para o Curso Enem Gratuito. Marcelo é formado em Geografia (licenciatura) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atualmente trabalha como autônomo. https://www.facebook.com/mdearaujo22

Compartilhe: