Aspectos gerais da população brasileira

O Brasil possui a quinta maior população do mundo. A geografia da população brasileira é um tema bastante frequente nos vestibulares e no Enem, vamos revisar?

Segundo o IBGE, estima-se que em 2018 a população brasileira era de aproximadamente 208.494.900 milhões de habitantes, sendo 51,6% mulheres e 48,4% homens. O número de habitantes do Brasil é inferior somente à países como: China, Índia, Estados Unidos e Indonésia, que ocupam o os quatro primeiros lugares do ranking.

população brasileira na parada gay
Figura 1: imagem da parada gay de São Paulo, ilustrando a concentração populacional da região.

Os dados de contagem da população brasileira são obtidos através das pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A contagem é feita através do programa conhecido como Censo Demográfico, que acontece em média a cada 10 anos.

Além das pesquisas relacionadas à demografia brasileira o IBGE é responsável também por obter resultados da realidade social e econômica do país. Além também de realizar outras diversas análises geográficas e estatísticas acerca do território brasileiro.

Os resultados das pesquisas realizadas por este órgão brasileiro são todos públicos e analisados por profissionais da área. Podem ser encontrados no site do próprio IBGE.

Mesmo possuindo um número de habitantes alto, o que caracteriza o país como um país populoso, o Brasil é um país pouco povoado. Um país populoso é um país que possuí uma grande quantidade de habitantes, já um país povoado é aquele que apresenta grande número de habitantes por quilômetro quadrado.

A distribuição da população pelo território brasileiro é bastante desigual. Enquanto os estados litorâneos em maioria, ou mais próximos ao litoral apresentam uma quantidade maior de habitantes, os estados do interior do país apresentam uma quantidade menor.

Como exemplo, podemos utilizar a diferença entre a população dos estados de São Paulo e Goiás. São Paulo apresenta uma população de aproximadamente 45.5 milhões. Enquanto o estado de Goiás, localizado no centro-oeste brasileiro, apresenta uma população de aproximadamente 6,9 milhões.

Sendo assim, a ocupação desigual do território brasileiro, é comprovada a partir da comparação entre as estatísticas populacionais das regiões. Na lista abaixo, podemos analisar a população de cada região segundo estimativa do IBGE.

Sudeste: 87.711.946 de habitantes (estimativa 2018 – IBGE)

Nordeste: 56.760.780 de habitantes (estimativa 2018 – IBGE)

Sul: 29.754.036 de habitantes (estimativa 2018 – IBGE)

Norte: 18.182.253 de habitantes (estimativa 2018 – IBGE)

Centro-Oeste: 16.085.885 de habitantes (estimativa 2018 – IBGE)

Como podemos analisar, a região sudeste é a mais populosa, seguida pelas regiões nordeste e sul.

Com o passar dos anos, o crescimento populacional brasileiro vem diminuindo. Isto acontece devido à diminuição da taxa de fecundidade, caracterizada pelo número de filhos que cada mulher gera. No ano de 2008 a taxa de fecundidade da mulher brasileira era de 1,89. Já no ano de 2016, a fecundidade da mulher brasileira era de 1,73 nascimentos.

Ao mesmo tempo que o número de nascimentos vem diminuindo, a expectativa de vida do brasileiro (em geral) aumentou, chegando a uma média de aproximadamente 75,5 anos (2016). É claro que a expectativa de vida é somente uma expectativa, pois nem todos os grupos que compõe a sociedade brasileira chegam a esta idade, tendo em vista o genocídio dos grupos marginalizados.

taxa mortalidade infantil brasil
Figura 2: Gráfico representando a diminuição da taxa de mortalidade infantil entre os anos de 2000 e 2015.

Segundo o IBGE, a mortalidade infantil também diminuiu. No ano de 2015, o número era 13,82 por mil nascidos vivos, enquanto em 2000, era de 29,2. Já o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) nos últimos anos também apresentou melhorias, porém a tendência é de estagnação a partir de agora com o novo governo.

Para você se dar bem na prova do Enem, indicamos à videoaula do nosso canal sobre demografia, além da resolução dos exercícios é claro!

Questões sobre a população brasileira

Questão 01 – (ESPM SP/2019)    

Podemos afirmar sobre dados recentes da população brasileira que:

a) a expectativa de vida da população masculina é menor que a da feminina e, em parte, isso está relacionado à violência urbana e a acidentes de trânsito.

b) o crescimento vegetativo caiu devido à diminuição da taxa de mortalidade nos últimos 40 anos.

c) o frequente aumento da taxa de mortalidade infantil verificado na última década é resultado da estagnação no serviço de saneamento básico.

d) o ligeiro aumento na base da pirâmide etária indica uma reorientação demográfica verificada nos últimos anos.

e) os planos assistencialistas adotados pelo governo brasileiro erradicaram a alta concentração de renda do país.

Gab: A

Questão 02 – (UFGD MS/2019)    

POPULAÇÃO BRASILEIRA CHEGARÁ A 233 MILHÕES EM 2047 E COMEÇARÁ A ENCOLHER, APONTA IBGE.

Hoje, total de habitantes é de mais de 208 milhões. A população brasileira continuará a crescer até 2047, quando atingirá 233,2 milhões de pessoas. No entanto, a partir de 2048, haverá uma queda gradual até 2060, quando recuará para 228,3 milhões, segundo estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 em cada 4 brasileiros terá mais de 65 anos em 2060, aponta IBGE. […] A revisão 2018 da Projeção da População do Brasil detalha a dinâmica de crescimento da população brasileira, acompanhando variáveis como fecundidade, mortalidade e migrações, e projeta o número de habitantes para as 27 unidades da federação.

Disponível em: <https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/07/25/populacaobrasileira-
chegara-a-233-milhoes-em-2047-e-comecara-a-encolher-apontaibge.ghtml>.
Acesso em: 09 set. 2018 (Adaptado).

Sobre a população brasileira, assinale a alternativa correta.

a) O crescimento da população brasileira se deve ao fato de a maior parte dela estar concentrada no litoral, desde o sul até o norte e o seu possível encolhimento estar relacionado à alta taxa de fecundidade.

b) O possível encolhimento da população brasileira após 2048 ocorrerá devido ao desenvolvimento de novas técnicas medicinais e à melhoria das condições de vida nos últimos anos.

c) O crescimento da população brasileira até 2047 acontecerá, principalmente, por conta, da melhoria nas condições de vida nos últimos anos e o desenvolvimento de novas técnicas medicinais.

d) O crescimento da população brasileira se deve ao fato de que uma parte desta cresce sem controle no país, que são os indígenas, além das péssimas condições de trabalho.

e) O crescimento da população brasileira se deve ao fato da alta taxa de mortalidade e o encolhimento dessa mesma população, após 2048, à alta taxa de natalidade.

Gab: C

Questão 03 – (PUC RS/2019)    

Em 2017, o IBGE apresentou uma estimativa a partir do Censo de 2010 segundo a qual a população brasileira atingiu a marca de 207.660.000 habitantes. Apesar de apresentar crescimento constante, o ritmo do incremento populacional do País vem diminuindo ano a ano. O gráfico abaixo mostra os dados relativos ao crescimento demográfico brasileiro de 1940 a 2010.

gráfico população brasileira

A partir do gráfico, afirma-se:

I. O Brasil apresenta crescimento populacional constante, sendo o pós-Segunda Guerra Mundial (1946-1964) o período de maior aceleração, motivada pela política de atração de imigrantes promovida pelo Estado brasileiro.

II. Em 2010, atingimos a marca de 190,7 milhões de habitantes, indicando o risco que o País corre com a possibilidade de se tornar superpopuloso no médio prazo.

III. A desaceleração do crescimento populacional identificada na última década é resultado da diminuição da taxa de fecundidade, sem que haja, no País, uma política nacional de controle de natalidade.

IV. A desaceleração do crescimento demográfico, associada a fatores como o aumento da longevidade, tem levado ao envelhecimento da população brasileira pela queda do percentual de jovens no total de habitantes do País.

Estão corretas apenas as afirmativas

a) II e IV.

b) III e IV.

c) I, II e III.

d) I, III e IV.

Gab: B

Sobre o(a) autor(a):

Este texto foi elaborado pelo geógrafo e professor de Geografia Marcelo de Araújo para o Curso Enem Gratuito. Marcelo é formado em Geografia (licenciatura) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atualmente trabalha como autônomo. https://www.facebook.com/mdearaujo22