Formas nominais do verbo: Infinitivo, Gerúndio e Particípio

Veja o resumo completo para você dominar as três formas nominais do verbo: 1 Infinitivo; 2 – Gerúndio; e, 3 – Particípio. Em seguida teste seu nível no simulado. Vem!

Ter o domínio da Gramática da Língua Portuguesa é básico para mandar bem nas provas do Enem.  Conhecer as Formas Nominais do Verbo vale pontos preciosos para escrever direito na Redação, e também ajuda nas questões de Interpretação de Texto.

Infinitivo; Gerúndio; e Particípio são os seus melhores amigos para mandar bem no uso dos verbos para escrever seus textos e para entender o que você está lendo também. É melhor se ligar nessa dica, porque o que mais cai no Enem são problemas que se resolver com a Interpretação dos Textos.

As Formas Nominais do Verbo

Infinitivo

Todo verbo é reconhecido por meio do infinitivo quando está terminado em AR (1º conjugação), ER (2º conjugação) ou IR (terceira conjugação). Para compreender melhor, observe os exemplos:

  • 1.Ela amou a surpresa do professor!
  • O verbo “amou” tem como infinitivo o verbo “AMAR” (1º conjugação).
  1. A candidata tinha certeza da aprovação.
  • O verbo “tinha” tem como infinitivo o verbo “TER”  (2º conjugação).
  1. João havia ido até o cursinho ontem.
  • Verbo “havia” é conjugado como “HAVER” (1º conjugação) e “ido” como verbo “IR” (3º conjugação).
Classificação do infinitivo

Os verbos do infinitivo podem ser classificados em infinitivo pessoal (flexionado) e infinitivo impessoal (não flexionado). Essas formas verbais são utilizadas em situações distintas. Vamos ver?

Infinitivo pessoal:

O infinitivo pessoal é utilizado principalmente em situações em que temos um sujeito definido ou em que pretendemos definir esse sujeito. As terminações do infinitivo pessoal são iguais às do futuro do subjuntivo nos verbos regulares. Veja alguns exemplos de flexão do infinitivo pessoal:

  • Verbo julgar: julgar, julgares, julgar, julgarmos, julgardes, julgarem
  • Verbo correr: correr, correres, correr, corrermos, correrdes, correrem.
  • Verbo sorrir: sorrir, sorrires, rir, rirmos, rirdes, rirem.
  • Agora, observe alguns exemplos de uso desse modo verbal:
  • A banca parou para eles julgarem o quadro.
  • Foi essencial correrem atrás das provas.
  • A professora pediu para os alunos sorrirem para a foto.

Infinitivo impessoal

O infinitivo impessoal é comumente utilizado em locuções verbais. Também podemos observar seu uso em verbos preposicionados, assim como quando não há um sujeito definido.

  • Veja alguns exemplos de uso do infinitivo impessoal:
  • Nós queremos entender o uso das formas nominais do verbo.
  • Meus filhos gostam de ouvir histórias antes de dormir.
  • É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã.

Gerúndio

A forma verbal do gerúndio expressa o processo que ocorre a ação. O gerúndio caracteriza-se pela terminação “ndo”. Veja alguns exemplos:

  • Julgando – correndo – sorrindo
  • Esta forma verbal não se flexiona e pode exercer tanto o papel de advérbio quanto o de adjetivo.
  • Observe algumas orações com verbos no gerúndio:
  • Estavam julgando todos os candidatos naquele momento de prova.
  • Disse “adeus” correndo.
  • Todos estavam sorrindo com o resultado da aprovação.formas nominaisFigura 1 – exemplo de uso de gerúndio

Particípio

A forma verbal do particípio expressa o resultado da ação. Veja os exemplos, comparando o seu sentido com o dos verbos que acabamos de ver no gerúndio.

  • Julgado – corrido – sorrido
  • A forma verbal do particípio pode ser regular ou irregular.
Particípio regular
  • O particípio regular se caracteriza pela terminação -ado, -ido. Observe os exemplos a seguir:
  • Tinha julgado o candidato pela aparência.
  • O professor tem aceitado todas as provas atrasadas.
  • A água tinha sido benzida para o momento da avaliação.
Particípio irregular
  • O particípio irregular pode exercer o papel de adjetivo. Veja os exemplos:
  • Ele adora batata frita!
  • Os aprovados foram aceitos com louvor!
  • Todos beberam a água benta.

 

A Flexão dos Verbos

O português brasileiro apresenta conjugação verbal para cada pessoa do discurso, o que indicará também modo e tempo.

O modo indicativo trabalha com ações no plano real, ou seja, ações que realmente aconteceram no passado, estão acontecendo no presente ou acontecerão no futuro.

Já o modo subjuntivo reúne ações que ainda não aconteceram ou que não se sabe se acontecerão, ou seja, são hipóteses e possibilidades.

Por fim, o modo imperativo costuma ser o mais lembrado pelos estudantes, já que tem uma função muito clara: indicar ordem ou pedido. Pela mesma razão, possui apenas um tempo: o presente – já que é impossível voltar ao passado para dar uma ordem a alguém ou adiantar-se ao futuro para fazer o mesmo.

Gostou do resumo com a professora Mercedes? Excelente!

O Modo Indicativo

Verbo é uma ação ou uma mudança de estado geralmente representada pelo verbo ser ou estar. Os verbos são divididos em três grandes grupos, sendo um deles o indicativo, que será tratado nessa aula da professora Jéssica, abaixo.

O modo indicativo é usado para transmitir um acontecimento certo e real. Através dos tempos verbais do modo indicativo, é possível expressar uma ação de forma precisa e segura. Vem que a professora Jéssica te explica! 😉

O modo indicativo indica ações reais, que realmente aconteceram no passado, estão acontecendo no presente ou irão de fato acontecer no futuro. Confira no vídeo da professora Jéssica o resumo completo sobre o Indicativo.

Confira o Subjuntivo e o Imperativo

Veja o Gerúndio

Confira agora com a professora Kel como você pode mandar bem no Gerúndio. Tem um vício na linguagem contemporânea no Brasil que é o “gerundismo”. Confira, para você escapar dele e não pagar mico na Redação do Enem.

Vem com a Kel:

Excelente a didática da professora Kel.

A Classificação dos Verbos

Afinal, quem não consegue “ler e compreender” os enunciados, já larga em desvantagem. Comece este resumo sobre as Formas Nominais do Verbo com uma aula sobre a Classificação dos Verbos.

Na aula de hoje, a professora Mercedes te fala sobre cada uma das cinco classificações de verbos que você precisa estudar. Verbo irregular X regular? Verbo defectivo? Verbo principal X auxiliar? Clica no play para saber!

Em seguida você têm as aulas-resumo sobre a Flexão dos Verbos (Indicativo, Imperativo, e Subjuntivo), e depois uma aula especial sobre o Gerúndio.

Gostou do resumo com a professora Mercedes? Têm mais aulas dela no canal do Curso Enem Gratuito.

Simulado sobre As Formas Nominais do Verbo

.

.

Mandou bem nas questões do Simulado? Ainda não? Então a dica é você ver esta aula de reforço sobre as formas nominais do verbo.

Veja as Formas Nominais do Verbo

Compartilhe: