Como fazer análise sintática de uma frase

Neste post você vai aprender um pouco mais sobre frase, oração e período que fazem parte da análise sintática. Fique atento e saia bem na prova do Enem e vestibulares!

Você já ouviu falar de análise sintática? Esse é um conteúdo de Português muito cobrado em provas e vestibulares tradicionais, mas que também pode cair no Enem. Portanto, esteja preparado e entenda como fazer análise sintática identificando corretamente a frase, a oração e o período do texto.

O que é análise sintática

A análise sintática é a parte da gramática que estuda as relações entres os termos da oração. Para entendê-la precisamos conceituar a frase, a oração e o período. Vamos conhecê-los?

Frase

Frase é toda palavra ou conjunto de palavras capaz de transmitir uma mensagem e estabelecer comunicação. Para a frase existir não tem obrigatoriamente a necessidade de um verbo. Temos que entender que consideraremos uma frase desde que o enunciado possua o sentido completo.

Publicidade

As frases são percebidas pela entoação, ou seja, do jeito que falamos, marcando seu início e seu fim. Observe os exemplos de frases abaixo:

  • “Silêncio”
  • “Fogo!”
  • “Independência ou morte”

Tipos de frases

Na análise sintática, existe mais de um tipo de frase. Portanto, vamos abordar rapidamente cada um deles.

Frases declarativas

As frases declarativas são utilizadas para informar, opinar, definir e relatar. Por exemplo: “É necessário ter paciência”.

Frases declarativas

Por sua vez, as frases declarativas são utilizadas para fazer uma pergunta. Por exemplo: “Que dia é hoje?”

Frases imperativas

Essas são utilizadas para exprimir ordem, conselho ou solicitação. Por exemplo: “Jogue o lixo no lixo.”

Frases exclamativas

As frases exclamativas são utilizadas para exprimir espanto, admiração ou surpresa. Por exemplo: “Que lugar lindo!”

Frases optativas

Por fim, as frases optativas são utilizadas para exprimir desejo. Por exemplo: “Deus te proteja!”

como fazer a análise sintática

Oração

Oração é a frase ou membro de frase que se organiza ao redor de um verbo ou de uma locução verbal. Uma oração pode ou não ter sentido completo. Veja os exemplos de orações a seguir, em que estão grifados os verbos ou locuções verbais:

  • Choveu muito em Santa Catarina (uma oração)
  • Enchentes costumam causar transtornos. (uma oração)
  • A verdade é que ele desistiu da compra do automóvel. (duas orações)

Período

Período é a frase constituída por uma ou mais orações. Por sua vez, os períodos são classificados em período simples e em período composto.

Período simples

O período simples tem apenas uma oração, que recebe o nome de oração absoluta. Também é formada por apenas um verbo. Por exemplo: “As senhoras como se chamam?” (Machado de Assis).

Período composto

O período composto, por sua vez, tem duas ou mais orações. Por exemplo: “Um deles perguntou-lhes familiarmente se iam consultar a adivinha” (Machado de Assis).

Como fazer análise sintática

Na hora de fazer a análise sintática, é importante lembrar que nem toda frase é uma oração, pois há frases sem verbo. Por outro lado, nem toda oração pode ser considerada uma frase, porque há orações sem sentido completo. Além disso, há frases formadas por uma ou mais orações (período simples e período composto). Por fim, todo período é uma frase porque tem sentido completo.

Identificando o sujeito e o predicado da oração

Sujeito e predicado são muito importantes para a análise sintática. A oração possui dois termos essenciais: o sujeito e o predicado. O ser de quem se informa é o sujeito, enquanto a informação propriamente dita é o predicado.

Sujeito

Sujeito é o termo sobre o qual o restante da oração diz algo. Por exemplo:

  • As praias estão cada vez mais poluídas. (“as praias” – sujeito)
  • Coisas horríveis aconteceram naquele verão. (“coisas horríveis” – sujeito)
  • Aconteceram naquele verão coisas horríveis. (“coisas horríveis” – sujeito ordem inversa na oração)
Predicado

É o termo que contém o verbo e informa algo sobre o sujeito. Por exemplo:

  • As praias estão cada vez mais poluídas.
  • Juvenal analisava seus conhecimentos.
  • Falei com você ontem à noite. (eu – sujeito oculto)

Exercícios sobre análise sintática

Pratique a análise sintática com os exercícios abaixo!

.

Compartilhe: