Funções orgânicas: o que são, características e nomenclatura

Veja esta revisão de Química para o Enem e estude as funções orgânicas. Venha para o Curso Enem Gratuito!

Dentro da química orgânica, as funções orgânicas são um dos principais assuntos a serem estudados. Nesta aula, vamos explicar o que são as funções orgânicas, como identificá-las, fazer sua classificação e nomenclatura.

O que são funções orgânicas

As funções orgânicas são grupos de compostos orgânicos que possuem propriedades químicas semelhantes em razão da presença do mesmo grupo funcional em sua estrutura.

Por sua vez, um grupo funcional é um átomo ou um grupo de átomos em uma molécula que serve como um local de reatividade química. O carbono se combina com outros átomos, tais como H, N, O, S e halogênios para formar grupos funcionais.

Publicidade

Antes de continuar com a aula escrita, assista à videoaula abaixo! Nela, o professor Sobis faz um resumo sobre as funções orgânicas muito bom.

As principais funções orgânicas

As principais funções orgânicas são: cetonas, aldeídos, ácidos carboxílicos, álcoois, fenóis, ésteres, éteres, aminas e amidas. No decorrer dessa aula, vamos dar exemplos de cada uma dessas funções orgânicas.

Nomenclatura das funções orgânicas

Veja no quadro abaixo um resumo das principais funções orgânicas, as características associadas, além dos sufixos que devem aparecer em suas nomenclaturas, que indicam cada grupo funcional, como identificá-las e sua nomenclatura.

nomenclatura das funções orgânicas
Principais funções orgânicas
Fonte: http://alunosonline.uol.com.br

Hidrocarbonetos

Como vimos no quadro acima, os hidrocarbonetos são compostos que contêm apenas átomos de carbono e hidrogênio. Veja quais são os hidrocarbonetos e exemplos de cada um deles:

Metano

Exemplos: gás natural, canalizado ou armazenado em botijões, e utilizado como combustível doméstico no Brasil e em muitos países.

Eteno ou etileno

É produzido por frutos verdes e age no amadurecimento desses frutos.

Acetileno

O acetileno é utilizado em lanternas para exploração de cavernas e também como combustível empregado nos maçaricos oxiacetilênicos, capazes de produzir altas temperaturas (da ordem de 3.000 oC).

Álcoois

Os álcoois se caracterizam pela presença de hidroxila (OH) ligada a um carbono saturado.

Metanol

O metanol é usado como combustível para aviões, para obtenção do biodiesel, como solvente no processo de fabricação de inseticidas etc.

Etanol

Conhecido comercialmente como álcool etílico, o etanol é encontrado em tintas, bebidas alcoólicas e outros produtos.

Veja essa videoaula sobre a função álcool e entenda mais do assunto:

Fenóis

O fenol é utilizado hoje na fabricação de corantes, na preparação de resinas, na produção de fenolftaleína (um indicador ácido-base muito utilizado em processos de titulação em laboratórios), da aspirina, do ácido pícrico (que será mencionado no próximo parágrafo) e dos cresóis acima.

Muitos derivados do fenol são usados na composição de desinfetantes, como a creolina, que é mais usada em indústrias e recintos fechados onde se criam animais para o abate.

Éteres

A função éter se caracteriza pela de um átomo de oxigênio entre dois carbonos. A aplicação desses compostos é variada. Por exemplo, os éteres podem ser usados para fabricar seda artificial, celuloide e ainda como solvente na obtenção de gorduras, óleos e resinas.

A aplicação de éteres na medicina é importante: é usado como anestésico e para preparar medicamentos. Uma conhecida forma de éter, muito usada em nosso cotidiano e na medicina, é o éter comum, um líquido altamente volátil que atualmente entrou em desuso em razão dos perigos de se inflamar e causar incêndios. Esse éter também é conhecido pelas denominações de éter etílico, éter dietílico ou éter sulfúrico.

Videoaula sobre a função éter

Aldeídos

Os aldeídos apresentam o grupo carbonila, sendo o primeiro carbono primário. O principal exemplo de aldeído é o metanal, que pode ser usado como desinfetante, na preservação de cadáveres e peças anatômicas. Além disso, é usado na preservação da madeira e de peles de animais, na fabricação de polímeros como a baquelite, e de resinas empregadas na fórmica, na obtenção de medicamentos e explosivos.

Videoaula sobre a função aldeído

Cetonas

As cetonas são uma das mais conhecidas funções orgânicas. Elas podem ser identificadas pela presença do grupo carbonila, sendo o carbono secundário.

A cetona mais conhecida é a propanona, conhecida comercialmente como acetona. É solúvel em água em quaisquer proporções e se dissolve em grande número de substâncias orgânicas. Por essa razão, é um importante solvente industrial, usado em tintas, vernizes, resinas e em alguns removedores de esmalte.

Videoaula sobre a função cetona

Ácidos carboxílicos

Os ácidos carboxílicos são caracterizados pela presença do grupo carboxila e sua nomenclatura leva o sufixo “oico”.

O maior exemplo dessa função orgânica é o ácido acético. Além do seu emprego como tempero na alimentação (na forma de vinagre), esse ácido é usado na indústria de alimentos para obtenção de conservas e flavorizantes, e na produção de outras substâncias, como o ácido acetilsalicílico.

Ésteres

Os ésteres são derivados de ácido carboxílico, em que o H do grupo OH é substituído por um radical orgânico. A nomenclatura dos ésteres é feita com o nome da cadeia principal + sufixo “oato” + de + nome do radical + a

Os ésteres são utilizados na preparação de extratos artificiais que imitam o odor e o gosto de frutas, por isso são usados na fabricação de xaropes, doces, pastilhas, refrescos, etc. Eles ocorrem naturalmente na natureza na forma de essências de frutas, nos óleos e gorduras (glicéridos), nas ceras e nos fosfátides (lecitina do ovo e cefalina do cérebro).

Entenda mais sobre a função éster e sua nomenclatura na videoaula abaixo

Aminas

As aminas são derivadas da amônia, a partir da substituição de um ou mais hidrogênios por radicais.

O maior exemplo da função amina é a fenilamina, conhecida como anilina. Esse produto é muito importante na indústria de corantes. Isso porque a partir dela são obtidas outras substâncias que, quando adicionadas a um material, lhe conferem cor, ou seja, são corantes.

Videoaula sobre a função amina

Amidas

A amida é derivada do ácido carboxílico, onde o grupo -OH é substituído por NH2, NH-R ou R-N-R.

A amida mais conhecida é a ureia. Ela é utilizada como fertilizante, na obtenção de polímeros, muitos dos quais são componentes de colas vernizes, e na fabricação de medicamentos barbitúricos, cremes hidratantes etc.

Videoaula sobre a função amida

Exercícios sobre funções orgânicas

Para terminar, resolva os exercícios sobre funções abaixo que selecionamos para você!

.

Sobre o(a) autor(a):

Munique é formada em química pela UFSC, tem mestrado e doutorado em Engenharia Química, também pela UFSC.

Compartilhe: