Ciclo do ouro – Questões de História

Confira como estão seus conhecimentos sobre a história colonial do Brasil com questões sobre o ciclo do ouro! São 10 questões para treinar para o Enem!

A fase de economia mineradora do Brasil colonial é um assunto muito frequente no Enem e nos vestibulares. Acompanhe um resumo sobre o assunto e teste seus conhecimentos com questões sobre o ciclo do ouro!

Introdução sobre o ciclo do ouro

Para iniciar a sua revisão, confira a aula do professor Felipe no nosso canal. Em seguida, confira o resumo em texto e resolva os exercícios!

Resumo sobre o ciclo do ouro

O início do ciclo do ouro ocorreu com as primeiras descobertas de ouro em grande quantidade na transição do século XVII para o século XVIII, em Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás. No início, havia um forte controle da Coroa sobre essa atividade, tributada e fiscalizada pela Intendência das Minas.

Publicidade

O ouro era frequentemente contrabandeado, principalmente o ouro em pó, que era transportado em santos ocos por dentro, os santos do pau oco. Por isso, a Coroa criou mecanismos para aumentar o controle sobre os metais preciosas.

Assim, foram criadas as Casas de Fundição, onde o ouro era derretido, transformado em barras e gravado com o timbre da Coroa em alto relevo e numeração para controle fiscal. Houve outras formas de reforçar o controle da Coroa, como a criação de novos tributos (como o quinto e a derrama, por exemplo).

Barra de ouro - Questões sobre o ciclo do ouro
Barra de ouro com o selo real.

É importante ressaltar que toda a riqueza do ciclo do ouro foi gerada através da utilização de mão-de-obra escravizada. Tantos negros trabalharam nas minas que o tráfico negreiro ganhou um novo fôlego. No século XVIII, Minas Gerias se tornou o principal destino dos africanos que eram trazidos para o Brasil.

Questões sobre o ciclo do ouro

Em seguida, confira questões sobre o ciclo do ouro que já caíram no Enem e nos vestibulares. Para continuar estudando, confira a continuação do resumo logo depois das questões.

.

Transformações provocadas pelo ciclo do ouro

A mineração se tornou uma atividade tão importante que o polo econômico do Brasil muda do Nordeste para o Sudeste, saindo do campo e indo para a cidade – do litoral para o interior. Junto à mineração, outras atividades econômicas se desenvolveram. O tropeirismo foi uma delas. Os chamados tropeiros eram responsáveis pelo comércio interno, que foi bastante fortalecido nesse momento.

No âmbito social, surge um grupo intermediário, uma espécie de classe média urbana, formada por profissionais liberais, comerciantes e funcionários públicos.

Enquanto isso, na esfera política, Marquês de Pombal, influenciado pelo Iluminismo, fez algumas reformas no Brasil. Dentre elas estavam a mudança da capital para o Rio de Janeiro, o fim das capitanias hereditárias e a expulsão dos jesuítas – e, consequentemente, o início da educação laica.

Compartilhe: