Sais Minerais

Revise os sais minerais e entenda como eles são importantes em nosso metabolismo! Estude biologia para mandar bem no Enem e nos vestibulares!

Muitos são os componentes necessários para manter a homeostase de um organismo vivo. Entre eles estão os compostos inorgânicos, ou seja, aqueles que não têm origem de seres vivos. A água é o principal desses componentes, porém não é o único. Há também um grupo de variadas substâncias que participam da composição de moléculas orgânicas e ajudam a regular processos: os sais minerais.

Os sais minerais são um conjunto de diferentes substâncias inorgânicas, necessários em pequenas quantidades, para manter o organismo dos seres vivos funcionando. Por conta disso e do tamanho reduzido de suas moléculas, os sais minerais são chamados de micronutrientes.

Eles podem ser encontrados em nosso organismo de três maneiras diferentes:

  1. Constituindo moléculas orgânicas: os sais minerais podem estar presentes na composição de moléculas orgânicas. Dizemos que neste caso, os sais minerais estão em sua forma molecular. No organismo humano, por exemplo, encontramos o ferro compondo o pigmento vermelho do sangue, a hemoglobina. Nas plantas, encontramos o magnésio na composição da clorofila.
  2. Formando cristais: podemos encontrar pequenos aglomerados de sais minerais no organismo dos seres vivos. Nos seres humanos, por exemplo, encontramos cristais de cálcio nos ossos. Nas esponjas, encontramos as espículas, estruturas envolvidas na sustentação do animal e constituídas de diferentes sais minerais, entre eles o cálcio.
  3. Dissolvidos em água: na sua forma iônica, os sais minerais se dissolvem facilmente em água. Dessa forma, podem ser rapidamente transportados e agirem na regulação do metabolismo.

Principais sais minerais, funções e doenças relacionadas

Cálcio:

O cálcio é um sal mineral presente no esqueleto de vários seres vivos. Além disso, esse sal mineral (na sua forma iônica) atua na contração muscular, assim como na coagulação sanguínea e na transmissão de impulsos nervosos.

Onde é encontrado? O cálcio está presente no leite e em seus derivados, além das hortaliças com folhas verdes (como o brócolis e o espinafre).

Hipocalcemia: A falta de cálcio no organismo, também conhecida como hipocalcemia, ocorre quando a pessoa tem essa deficiência nutricional dessa substância por longos períodos. As principais consequências da falta de cálcio em um adulto fazem com que os ossos fiquem cada vez mais fracos, caracterizando uma osteoporose.

Além disso a pessoa terá grande sensibilidade nos dentes e problemas dentais constantes, palpitações cardíacas, problemas na coagulação sanguínea, irritabilidade, alucinações e depressão. Na infância, a falta de cálcio pode gerar más formações no esqueleto.

falta de calcio (sais minerais) no corpo
Este esquema demonstra a diferença entre ossos saudáveis e ossos afetados pela osteoporose. Note que a matriz extracelular no osso com osteoporose é muito mais fina do que em um osso saudável. Fonte da imagem: https://wwwdotfarmakodotcomdotbr.wordpress.com/tag/falta-de-calcio/

Cloro

O cloro age juntamente com o sódio para equilibrar a quantidade de líquidos em nosso corpo. Além disso, atua também no funcionamento dos nervos, na transmissão de impulsos nervosos e na membrana celular.

Onde é encontrado? O cloro é encontrado combinado com o sódio no sal de cozinha, assim como na água tratada. Também podemos encontrar cloro em algumas hortaliças, como a berinjela, o tomate e o agrião.

Falta de cloro no organismo: A falta de cloro pode causar problemas principalmente na regulação do sistema nervoso. Isso pode gerar dores nos membros inferiores, sono irrequieto e fome descontrolada.

Cobre

O cloro age juntamente com o sódio para equilibrar a quantidade de líquidos em nosso corpo. Além disso, atua também no funcionamento dos nervos e da membrana celular.

Onde o cobre é encontrado? O cobre está presente principalmente no fígado, carnes e frutos do mar.

Ferro

O ferro participa da constituição da hemoglobina, assim como da composição de enzimas da respiração celular.

Onde o ferro é encontrado? O ferro é encontrado no fígado, nas carnes, em legumes e hortaliças de folhas verdes, na gema do ovo e no feijão.

O que causa a ausência de ferro? A principal consequência da deficiência de ferro na alimentação é anemia ferropriva. Anemia é um nome genérico que damos para a baixa concentração de hemoglobina em nosso organismo.

A anemia pode ser aguda (perda rápida e excessiva de hemoglobina, como em acidentes ou cirurgias) ou crônica (que duram muito tempo). Os principais sintomas da anemia ferropriva são cansaço, palidez, tonturas, sonolência e falta de ar.

Estes sintomas se devem principalmente à falta de hemoglobina, proteína que transporta oxigênio. A falta dela diminui o transporte de O2, essencial para a produção de energia pelas células. Para tratar a anemia ferropriva, o anêmico pode adotar uma alimentação adequada, com alimentos ricos em ferro e, caso necessário, tomar complementos alimentares.

falta de ferro (sais minerais) no corpo
Esta imagem ilustra um dos sintomas da anemia ferropriva. A parte interna da pálpebra de uma pessoa com anemia fica mais esbranquiçada, uma vez que o número de hemácias diminui. Fonte da imagem: https://conhecimentocientifico.r7.com/descubra-se-voce-esta-com-anemia/

Flúor

O Flúor participa da formação e manutenção dos dentes e também dos demais ossos.

Onde encontramos o flúor? O flúor, assim como o cloro, pode ser encontrado na água tratada pelas empresas de saneamento. Podemos encontrar o flúor também nas carnes de peixes.

Deficiência de flúor: A falta de flúor deixa o esmalte dentário deficiente, facilitando o aparecimento de cáries.

Iodo

O iodo é um dos principais componentes dos hormônios produzidos pela tireoide. Estes hormônios estão ligados ao controle do metabolismo, sendo assim, o iodo é uma substância reguladora.

Onde encontramos o iodo? O iodo pode ser encontrado naturalmente em frutos do mar. No Brasil, um país de dimensão continental, muitas pessoas que vivem no interior não têm acesso a alimentos provenientes do mar. Para suprir essa necessidade, o sal de cozinha, por lei, deve ser acrescentado de iodo.

Bócio: O bócio, também conhecido popularmente por papeira, é uma doença cujo principal sintoma é o aumento considerável da glândula tireoide, gerando uma deformação visível no pescoço nos casos mais avançados. Esse crescimento anormal da glândula tireoide é causado principalmente pela baixa ingestão de iodo, levando a glândula a trabalhar em excesso e ficar inchada.

falta de iodo (sais minerais)
Na imagem é possível ver que o pescoço da mulher está inchado, o que caracteriza o bócio ou papeira causada pela deficiência de iodo.

Magnésio

O magnésio é componente de várias enzimas presentes nas células dos seres vivos. No corpo humano, por exemplo, o magnésio está envolvido em mais de trezentos processos metabólicos. Nas plantas, o magnésio é um dos elementos encontrados na constituição da clorofila.

Onde encontrar? Como faz parte da clorofila, encontramos o magnésio facilmente e em grande quantidade nas folhas verdes, como o agrião e a couve. Mas, podemos também encontrá-lo em cereais, ovos, carnes e em leguminosas, como o feijão e a soja.

Deficiência de magnésio: Como o magnésio está envolvido em processos de produção e quebra de proteínas, carboidratos e gorduras, a falta desse sal mineral pode causar problemas sistêmicos, atingindo todo o organismo. Por isso, os sintomas da falta de magnésio podem ser bastante generalistas e precisam ser investigados, observando especialmente o estilo de vida da pessoa afetada.

Fósforo

O fósforo está presente nos ATPs e ADPs (moléculas que realizam a transferência de energia dentro da célula). Além disso, esse sal mineral faz parte das moléculas de nucleotídeos, os monômeros que compõem os ácidos nucleicos (DNA e RNA).

Encontramos o fósforo também nas moléculas de fosfolipídios que compões a membrana celular. E, por fim, não podemos esquecer que a matriz extracelular dos tecidos que compõem os ossos possui na sua composição, além do cálcio, outros sais minerais como o fósforo.

Onde encontramos o fósforo? Podemos encontrar este nutriente em alimentos de origem animal, como carnes, leites e ovos. O fósforo também está presente em boa quantidade em alguns vegetais, como o feijão e a ervilha.

Hiperfosfatemia: Hiperfosfatemia é o excesso de fósforo no organismo. Isso pode gerar um aumento na pressão arterial, confusão mental e inchaço nos membros inferiores.

Hipofosfatemia: Hipofosfatemia é a falta de fósforo no organismo. Isso pode causar enfraquecimento dos ossos, facilitando a ocorrência de fraturas, perda de memória, problemas musculares e taquicardia.

Sódio

O sódio é um sal mineral encontrado em nosso organismo frequentemente na sua forma iônica. Ele atua no controle osmóticos das células e no funcionamento das membranas plasmáticas e também na propagação dos impulsos nervosos nos neurônios.

Onde é encontrado? O sódio é encontrado no sal de cozinha (cloreto de sódio) e também como conservante de vários alimentos industrializados.

Excesso de sódio:  O sódio em grande concentração no sangue dispara a osmose das células, empurrando grande quantidade de água em direção aos vasos sanguíneos, visando igualar a concentração de sais dentro e fora das células.

A maior quantidade de líquidos dentro dos vasos sanguíneos aumenta a sua pressão interna, causando hipertensão arterial. A hipertensão é considerada uma doença traiçoeira, pois, em geral, é assintomática. Quando a pessoa percebe os seus sintomas, em geral já está com muitos órgãos afetados. Pode ser tratada com mudanças na alimentação e no estilo de vida, bem como com o uso de medicamentos específicos.

Potássio

O potássio, assim como o sódio, age no equilíbrio osmóticos do organismo e também no funcionamento das membranas celulares e na transmissão dos impulsos nervosos.

Onde encontramos o potássio? Encontramos esse sal mineral em frutas, folhas verdes, cereais e em leguminosas (como o feijão e a soja).

E aí? Conseguiu relembrar os principais sais minerais? Beleza! Então, para fixar bem o conteúdo, veja esta videoaula do professor Samuel Costa

Agora, que tal testar seus conhecimentos?

Questão 01 – (FCM PB/2017)    

O sódio é um mineral e normalmente encontrado na natureza com um outro elemento químico, o cloreto. O cloreto de sódio é o famoso sal de cozinha e ele possui 40% de sódio em cada grama. O sódio, componente que aparece descrito nos rótulos dos alimentos, é considerado um dos vilões da boa alimentação. O seu consumo excessivo pode causar __________, mas consumido em quantidade recomendada (2 gr de sódio ou 5 gr de cloreto de sódio), e ele associado ao ____________ é útil para o metabolismo humano. Também participa dos processos de contrações musculares e do fornecimento de energia para o organismo. A ausência de sódio pode levar a _________________________________.

Assinale a alternativa que completa, correta e respectivamente, as lacunas acima:

a) hipotensão; cálcio; fadiga muscular

b) hipertensão; cálcio; diabetes

c) hipotensão; cálcio; osteoporose

d) hipertensão; potássio; arritmia cardíaca

e) hipotensão; potássio; osteopenia

Gab: D

Questão 02 – (UEM PR/2012)    

A respeito de alguns minerais, de suas funções no organismo humano e suas principais fontes na alimentação, assinale o que for correto.

01) O ferro é um componente da hemoglobina, da mioglobina e das enzimas respiratórias. O fígado de boi é uma fonte rica desse componente, na forma oxidada.

02) O sódio é o principal cátion no líquido intracelular; apresenta-se como um cátion bivalente e tem no sal de cozinha sua principal fonte.

04) O iodo é um dos componentes dos hormônios da tireoide e é encontrado na substância NaCl. 08) O enxofre é um componente essencial na produção de lipídios e sua fonte principal são os sulfatos presentes em águas minerais.

16) O cálcio é um elemento essencial à coagulação sanguínea, sendo encontrado em leites.

Gab: 17

Questão 03 – (PUC MG/2012)    

Os sais minerais são importantes constituintes esqueléticos de nosso corpo ou podem ocorrer como íons intra e extracelulares que podem atuar em diversos processos fisiológicos. Algumas importantes funções dos íons são:

  1. formação e manutenção de ossos e dentes.
  2. processos de transmissão de impulsos nervosos.
  3. regulação da contração muscular.
  4. manutenção do equilíbrio hídrico.

Entre as funções citadas, assinale o sal mineral que NÃO PARTICIPA diretamente de nenhuma dessas funções.

a) cálcio

b) ferro

c) fósforo

d) potássio

Gab: B

 

 

 

Sobre o(a) autor(a):

Juliana é bióloga formada pela Universidade Federal de Santa Catarina e cursa o Mestrado em Educação na mesma instituição. Ministra aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007 e é coordenadora pedagógica do Blog do Enem.