A 2ª Guerra Mundial: veja o maior conflito da História

O início da 2ª Guerra Mundial foi em 1939, quando Hitler invadiu a Polônia. E só terminou em 1945, com as bombas atômicas dos EUA contra o Japão. Veja no resumo de História:

A história da 2ª Guerra Mundial cai direto nas provas do Enem e dos principais vestibulares do país. Foi o maior conflito armado de todos os tempos. Teve a marca das atrocidades cometidas pelos nazistas nos campos de concentração, e a marca de atos de bravura e resistência como dos rebeldes da Resistência Francesa, por exemplo.

A Segunda Guerra Mundial durou de 1939 a 1945, envolvendo a maioria das nações do mundo — incluindo todas as grandes potências — organizadas em duas alianças militares opostas: os Aliados de um lado, liderados pela Inglaterra, Rússia e os Estados Unidos. E, do outro, as Potências do Eixo, lideradas pela Alemanha e com a Itália e o Japão junto.

A origem da A 2ª Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial é consequência do que não foi bem resolvido ao final da Primeira Guerra Mundial (1914 a 1918). Quando acaba a Primeira Guerra, é feito o Tratado de Versalhes e, nesse contexto, o presidente dos EUA Woodrow Wilson publica os Quatorze Pontos de Wilson, no qual defende uma paz sem vencedores e punições mais leves à Alemanha.

Publicidade

Mas, nesse tratamento mais suave à Alemanha em relação às penalidades por ter provocado a Primeira Guerra Mundial, os EUA são voto vencido, porque a França queria se vingar dos alemães por conta da humilhação que havia sofrido em 1871.

Por isso, os EUA não colaboram tanto com o cumprimento do Tratado de Versalhes, e nem participam ativamente da Liga das Nações, assumindo uma política denominada isolacionismo. Inglaterra e França não tiveram forças para fazer cumprir o Tratado de Versalhes, e com isso internamente na Alemanha, submetida às penalidades severas estabelecidas por Inglaterra e França,  abriu-se o caminho para o discurso hitlerista em meio à crise econômica e moral da sociedade.

Adolf Hitler saudado durante o período de ascensão nazista na alemanha

Quando Hitler chega ao poder em 1933 na Alemanha e inicia um projeto de retomada da produção bélica, Inglaterra e França adotam uma política de apaziguamento (permitiram a expansão nazista, porém dentro de um esquema de negociação). O objetivo era evitar um novo conflito mundial e impedir que houvesse influência soviética no leste europeu. Mas, os resultados foram bem diferentes….

O início da A 2ª Guerra Mundial

Aproveita que o Prof. Felipe explica tudo direitinho e canta até uma paródia sobre o conteúdo! \o/

Muito bom este resumo. Esta aula do professor Felipe está no canal do Curso Enem Gratuito.

Hitler começa a sua escalada impondo-se pela força do Exército Nazista em 1938, promovendo a anexação da Áustria. M em março de 1939 toma a Tchecoslováquia. Naquele momento, ainda sem declarações de guerra, Neville Chamberlain (ex-Primeiro-ministro da Inglaterra) convoca a Conferência de Munique, que estabeleceu que os alemães poderiam ficar somente com a região dos Sudetos.

O objetivo era impedir que os nazistas invadissem a Polônia, país que interessava comercialmente países como Inglaterra. Hitler, entretanto queria dominar a Polônia.

O problema era uma possível guerra contra Inglaterra e França, além de comprar uma briga com a URSS. Para isso, Hitler se alia a um dos dois grupos – no caso, à URSS. A 2ª Guerra Mundial

Sendo assim, Alemanha e URSS dividiriam a Polônia em duas partes entre eles, no chamado Pacto de não agressão germano-soviético. Oito dias depois desse acordo, a Alemanha invade o corredor polonês, parte da Polônia que havia negociado com a URSS que seria sua. É aí que começa a Segunda Guerra Mundial.

Em 1940, a Alemanha toma quase inteiramente a França, dividindo-a em duas partes. No ano seguinte, Hitler resolve invadir a Rússia, em operação chamada Barba Ruiva, rompendo com o pacto realizado e provocando a entrada da URSS na guerra. Nesse mesmo ano, os japoneses atacam a base naval dos EUA Pearl Harbor, provocando a entrada dos EUA na guerra.

O início da derrota dos nazistas

De um lado, estava o Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e do outro, os Aliados (Inglaterra, França, EUA e URSS). Até 1942, o Eixo tem domínio da guerra, mas a partir de então sofre uma série de derrotas, dentre as quais a Batalha de Stalingrado, na Rússia, na qual a Alemanha é derrotada e inicia seu recuo na frente oriental.

Nesse mesmo ano, ocorre é Cerco de Roma, no qual Mussolini é preso e a Itália deixa a guerra. Em 1944, ocorre o Dia D, a maior operação militar da história, na qual os Aliados recuperam a França das tropas alemãs.

Em 1945, acontece o Cerco à Berlim, no qual as tropas soviéticas cercam a capital alemã e Hitler se suicida. Os japoneses continuavam atacando pontos estratégicos dos EUA na região do Oceano Pacífico, e continuavam com a guerra, mesmo já sem condições de promover avanços nas frentes de combate.

Então, os Estados Unidos promovem os bombardeios atômicos à Hiroshima e Nagasaki. Os japoneses não têm como se opor ao poder das bombas atômicas e o imperador assina o tratado de rendição. encerrando a guerra.

O fim da A 2ª Guerra Mundia

Com o fim da guerra, são feitos três importantes acordos:

  1. a Conferência de Yalta (define que o leste europeu seria área de influência soviética e a Europa Ocidental e Central de influência capitalista),
  2. a Conferência de Potsdam (divide a Alemanha em Oriental e Ocidental, sendo a primeira de influência socialista e a outra capitalista), e,
  3. a Conferência de São Francisco (que cria a ONU, a qual julga o holocausto).

 

Veja também a Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial foi o primeiro grande conflito que envolveu países de várias regiões, tornando-se global! Você sabe o que motivou a guerra? Quais os países envolvidos? Quem saiu vencedor do conflito? Quais foram as consequências?

Quando se fala em primeira guerra mundial, é importante traçar um roteiro para organizá-lo. Nessa aula, dividiremos o conteúdo entre Antecedentes, Causas, O Conflito em Si e Consequências.

Vem que o professor Felipe explica tudo! 😀

Quando a gente fala do contexto antecedente à Guerra, estamos falando da Belle Époque. Havia uma crença do processo contínuo, no contexto da revolução industrial com avanços tecnológicos e prosperidade econômica. Contrastando a esse ambiente de otimismo, temos também a Paz Armada: alianças vão sendo costuradas tramando um ambiente de guerra cada vez mais prevista.

Então quais são as principais causas da guerra? O imperialismo e o nacionalismo. Quando falamos de disputas imperialistas, vale lembrar que a partilha da África teve capítulos importantes que deram privilégios para alguns países, como Inglaterra e França, enquanto países como Itália e Alemanha, não.

Mas o que interessava na África para esses países? Em meio a segunda revolução industrial, nós temos as principais potências europeias precisando de matéria prima, fontes de energia, mão de obra barata, mercado consumidor, etc. A África, a Ásia e a Oceania eram os grandes alvos dessas potências.

A 2ª Guerra Mundial: responda agora ao Simulado

.

.

Mandou bem nas respostas do Simulado?

Se você não acertou pelo menos sete questões “de primeira” é hora de rever o conteúdo sobre  A Segunda Guerra Mundial. Veja um resumo gratuito completo das causas e consequências da  Segunda Guerra.

 

Compartilhe: