Teníase e Cisticercose: veja a Solitária e a Doença do Porco

Confira as doenças provocadas pelos platelmintos taenia solium e taenia saginata. A teníases e a cisticercose atacam no país todo. Resumo e Simulado para gabaritar Biologia

O Brasil é um país cuja população sofre constantes infestações de vermes platelmintos. Entre as mais comuns estão a Teníase, provocada pelo verme taenia solium, conhecida popularmente como Lombriga Solitária; e a Cisticersose, provoacada pelo verme taenia saginata, que provoca a “Doença do Porco”.

Entre os fatores que contribuem para estas infestações praticamente endêmicas em algumas regiões do país estão as péssimas condições sanitárias do país. A falta de água tratada e a falta de canalização e saneamento do esgoto criam as situações de risco para os humanos, e que favorecem os vermes.

O Enem adora questões sobre a Teníase e a Cisticercose

Um dos conteúdos mais recorrentes no Enem e nos vestibulares é saúde humana. Neste universo da Biologia, vários são os pontos que podem ser abordados. Mas, as provas em geral têm predileção especial por doenças que são transmitidas por problemas ambientais, como a falta de saneamento básico.

Sendo assim, nesta aula de biologia para o Enem você vai revisar uma verminose que é figurinha carimbada nas provas de Biologia: a teníase. Para você ter uma ideia, ela já apareceu dez vezes só na prova do Enem. Então vem entender esse conteúdo direitinho com a nossa rainha da bio, a professora Juliana Evelyn Santos.

Muito boa esta aula com o resumo básico sobre as verminoses provocadas pelo Platelmintos Taenia Solium e Taenia Saginata. Têm mais aulas da professora Juliana no canal do Curso Enem Gratuito.

Veja agora o descritivo da aula, para você revisar o que mais precisa aprender:

A Lombriga Solitária, e a Doença do Porco

Tanto a teníase quanto a cisticercose são causadas no Brasil por duas espécies de vermes: a Taenia solium e a Taenia saginata. Esses dois vermes são animais do Filo dos Platelmintos, onde encontramos animais com simetria bilateral e corpo achatado dorsoventralmente.

Ambas as espécies pertencem à Classe Cestoda, onde encontramos vermes sem sistema digestório e com o corpo metamerizado. Esses dois vermes são conhecidos popularmente como solitárias. Isso porque as infecções causadas por indivíduos dessas espécies costumam ter apenas um verme adulto se desenvolvendo no hospedeiro.

O Ciclo da Teníase e Cisticercose

Tanto a lombrida da Solitária quando da Doença do Porco São animais que podem atingir impressionantes 10 metros dentro de seus hospedeiros definitivos (humanos). Seus corpos são divididos, basicamente, em três partes: escólex, colo e proglotes (ou proglótides).

O escólex se assemelha uma cabeça e seu formato varia entre as espécies. Sua principal função é a fixação do verme dentro do intestino do hospedeiro. Para isso, ambas as espécies possuem quatro ventosas para aderir às paredes do intestino. Porém, podemos diferenciar as duas espécies pelo formato do escólex e pela presença ou não de espinhos.

A Taenia Solium, que provoca a Teníase

esquema das taenias

A Taenia solium possui um escólex arredondado onde as ventosas se organizam ao longo da circunferência e no topo há estruturas semelhantes a pequenos espinhos ou ganchos, chamados de acúleos.

Já a Taenia saginata tem um escólex mais quadrado e todas as ventosas se situam no mesmo plano. Além disso, essa última espécie não apresenta acúleos.

Responda agora ao Simulado sobre a Teníase e a Cisticercose

.

.

====

Mando bem nas respostas do Simulado sobre A Teníase e a Cisticertose? Se você não acertou pelo menos sete questões, faça uma revisão mais profunda aqui nesta aula sobre as Verminoses.