A evolução da Indústria brasileira nas regiões do país

Entenda por que a Indústria Brasileira acontece um século depois da Revolução Industrial já ter começado. O país tem uma Industrialização tardia.

O processo da Industrialização no Brasil acontece de maneira tardia ao que se passava na Europa e na América do Norte no mesmo período. Quando aconteceu a Revolução Industrial na Inglaterra o Brasil era ainda colônia de Portugal, e a nossa economia era meramente extrativista em minérios e de monoculturas na agricultura para atender os interesses da Coroa Portuguesa. Praticamente não havia Indústria no Brasil.

Progressivamente, após 1808, com a chegada da Família Real de Portugal no Brasil, e depois com os ciclos da Independência (1822) e da Proclamação da República (1889) o país foi desenvolvendo indústrias de baixa complexidade para atender demandas do mercado interno em produtos alientícios, produtos de higiene, vestuário, mobiliário e implementos agrícolas.

O país dependia fortemente da importação de produtos manufaturados ou industrializados com tecnologia agregada. A pauta de exportações do Brasil obedecia aos ciclos históricos da Cana de açúcar, do século XVI ao século XVIII; e o ciclo do Café nos séculos XIX e XX.

A grande mudança na industrialização acontece em 1930, quando Getúlio Vargas assume o poder e encerra o ciclo da República Oligárquica, e foca em políticas urbanas e de incentivo à industrialização.

Portanto, com pelo menos um século de atraso da consolidação da sua industrialização, o Brasil ainda é considerado um país subdesenvolvido. Entre outros fatores, pela sua industrialização tardia.

Enquanto os países considerados desenvolvidos, como por exemplo Inglaterra, França e Estados Unidos, tiveram o início do seu processo no período da Primeira Revolução Industrial, a industrialização brasileira iniciou-se por volta do final do século XIX.

Com o processo de interiorização das indústrias, cada região foi se especializando de acordo com as demandas industriais e com seus potenciais, chegando à configuração que temos atualmente.

Resumo sobre a Indústria Brasileira

Veja com o professor Carreiri, do Canal do Curso Enem Gratuito, como foi o processo de industrialização no Brasil.  Ele mostra primeiro como aconteceu na região Sudeste, e depois têm as aulas sobre as outras regiões também. Confira:

Muito bom este resumo!  Veja agora a transcrição dos trechos mais importantes, para ajudar você na revisão antes do Simulado.

Por que a Indústria Brasileira é tardia?

O que atrasou o processo de industrialização por aqui? Primeiramente, o fato de termos sido uma colônia de exploração que exportava suas manufaturas. Além disso, até o final do século XIX vivíamos um sistema escravista, o que impedia a existência de mercado consumidor.

 Até 1930, nossa economia era basicamente agroexportadora. Entre as mudanças promovidas por Getúlio Vargas que prometiam o rompimento da oligarquia agrária, estavam a implementação de indústrias de base, especificamente cimento e aço. Essas indústrias criaram o eixo industrial Rio de Janeiro – São Paulo e promoveram um enorme avanço para o setor industrial brasileiro.

Já na segunda metade da década de 50, Juscelino Kubitschek assume a presidência com o slogan 50 anos em 5. Além da construção de Brasília, no setor industrial ele promoveu a ampliação da produção brasileira, incorporando a indústria automobilística e a melhoria das vias de transporte com a abertura de novas rodovias.

Por que a região sudeste concentrou as indústrias brasileiras?

Na década de 50, a região conhecida como ABCD Paulista foi alvo da implementação das indústrias automobilísticas. Isso aumentou significativamente a quantidade de indústrias concentradas nesta região.  Problemas da concentração das indústrias em uma região: Com a expansão da abertura do país para o mercado externo, na década de 1990, a produção foi tomando maiores proporções.

Deste modo, a produção foi se sobrecarregando e os sindicatos passaram a reivindicar melhorias em relação às condições de trabalhos. Além disso, o preço das matérias-primas começou a aumentar e a urbanização encareceu o processo produtivo.

Ao mesmo tempo que acontecia o processo de desindustrialização do ABCD paulista, algumas outras cidades passaram a se tornar novos centros industriais. Como por exemplo a cidade de Campinas, que possui indústria voltada a produção de equipamentos de informática e comunicação.

 O estado do Espírito Santo é conhecido por abrigar a maior indústria de celulose do mundo na cidade de Aracruz. Na região sudeste destacam-se também as indústrias siderúrgicas devido à mineração intensa nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Veja a Indústria Brasileira no Nordeste, Sul, Norte e Centro-Oeste

Confira agora no resumo com o professor Carrieri como vem acontecento o processo de interiorização na industrialização brasileira:

Mandou bem o professor Carrieri. Agora, depois de assistir a esta aula, está completa a sua revisão sobre a Indústria Brasileira.

Simulado sobre a Indústria Brasileira

.

Mandou bem nas respostas do Simulado sobre a Indústria Brasileira? O país têm uma industrialização tardia, e isto nos prejudicou durante muitos séculos. Se você não acertou pelo menos 7 questões, é hora de revisar com uma aula completa sobre a Industrialização no Brasil.

Simulado de Indústria Brasileira