Transição demográfica

Você sabe o que o conceito de transição demográfica representa? Vamos revisar este conteúdo para o Enem e para o vestibular!

O conceito de transição demográfica é utilizado para designar a variação das taxas de crescimento populacional. É uma teoria criada por Warren Thompson com a utilização da matemática e que surgiu de modo a contestar a teoria Malthusiana.

transição demográfica
Figura 1: Estágios da transição demográfica.

A teoria da transição demográfica tem como ponto de partida o período da Revolução Industrial, quando já nos encaminhávamos para uma sociedade de consumo. Antes da Revolução Industrial, as taxas de mortalidade eram altas, assim como as de natalidade, e apresentavam números estáveis.

Com a chegada da modernidade nos países considerados desenvolvidos, muitos problemas sociais antigos foram amenizados. Essas melhorias sociais fizeram com que a expectativa de vida da população aumentasse e as taxas de mortalidade caíssem. Com a queda das taxas de mortalidade, a população começou a aumentar em pouquíssimo tempo.

Tomando como exemplo os países já industrializados, a oscilação entre as taxas de mortalidade e natalidade foi utilizada para a divisão da transição demográfica em quatro estágios.

O primeiro é marcado pelas taxas de natalidade e mortalidade elevadas, gerando um crescimento demográfico quase nulo. É possível observar este estágio em países praticamente rurais, o que acontece somente em algumas regiões de países considerados subdesenvolvidos.

O segundo estágio destaca o desenvolvimento socioeconômico e industrial das populações. Acontece quando as taxas de natalidade se mantêm em crescimento enquanto as taxas de mortalidade diminuem. Nesse estágio ocorre um aceleramento no crescimento da população.

No terceiro estágio, com o aumento da população vivendo no meio urbano e a criação dos métodos contraceptivos, é observada a queda das taxas de natalidade por conta da diminuição das taxas de fecundidade. O crescimento demográfico encontra-se, então, em nível médio.

Já no quarto estágio, temos a representação realidade atual dos países considerados desenvolvidos, onde o crescimento demográfico é quase zero por causa das baixas taxas de natalidade e de mortalidade.

Um marco em relação ao crescimento demográfico aconteceu após a Segunda Guerra Mundial e é intitulado Baby Boom. Esse foi um período no qual houve um aumento bastante considerável nas taxas de natalidade, algo que aconteceu de forma espontânea de modo a recuperar as vidas perdidas na guerra.

Para revisar o conteúdo de transição demográfica, recomendamos a videoaula a seguir!

Exercícios

Questão 01 – (FPS PE/2019)    

Observe o gráfico a seguir.

Fonte: www.google.com.br

Esse gráfico permite as seguintes conclusões corretas:

1)    A fase 1 corresponde a períodos de grandes secas de países africanos e asiático, que implicam fortes migrações permanentes.

2)    A fase 2 é denominada de Aceleração Demográfica, com aumentos significativos da variável Crescimento Vegetativo.

3)    A Fase 3, em virtude das expressivas quedas do crescimento vegetativo, enquadra-se perfeitamente na situação de Pré-transição Demográfica.

4)    A fase 4 é a de Estabilização da População, na qual a Taxa de Natalidade permanece relativamente uniforme e há um decréscimo do Crescimento Vegetativo.

5)    O Brasil encontra-se, desde o início do século XXI, em face da globalização da economia, na fase 1.

Estão corretas, apenas:

a) 1 e 2.

b) 1, 2 e 5.

c) 1 e 3.

d) 3, 4 e 5.

e) 2, e 4.

 

Questão 02 – (Faculdade São Francisco de Barreiras BA/2018)    

O estudo da população é de fundamental importância para o governo, pois pode verificar as realidades quantitativa e qualitativa e, consequentemente, traçar planos e estratégias de atuação, além de desenvolver um planejamento de interesse social.

Considerando-se os conhecimentos referentes à população brasileira, é correto afirmar:

a) Os haitianos, segundo maior grupo de imigrantes, atualmente, no país, perdendo apenas para os venezuelanos, são considerados refugiados pela legislação brasileira.

b) A transição demográfica verificada no período pós Segunda Guerra Mundial ocorreu, entre outros fatores, em função da redução do crescimento vegetativo.

c) No século atual, em números absolutos, o Centro-Oeste tem sido a região do país que mais recebeu imigrantes de outras regiões devido, principalmente, à desconcentração industrial.

d) A adoção de novas tecnologias e processos, nos setores primário e secundário, causa o desemprego estrutual e consequente crescimento do setor terciário.

e) Na década de 80, do século passado, em franco processo de explosão demográfica, a pirâmide etária apresentava base estreita e corpo muito largo.

 

Questão 03 – (FM Petrópolis RJ/2015)    

Para alguns teóricos dos estudos demográficos, uma população jovem numerosa, resultante das elevadas taxas de natalidade, verificadas nos países periféricos, necessita de grandes investimentos sociais em educação e saúde. Com isso, diminuem os investimentos em setores produtivos como o agrícola e o industrial, o que impede o desenvolvimento pleno das condições de vida da população em geral. Daí, defenderem-se a necessidade de programas de controle da natalidade e a disseminação da utilização de métodos anticoncepcionais nesses países. Nesse contexto, o planejamento familiar dos segmentos mais pobres da população torna-se imperioso.

Os argumentos apresentados sobre a dinâmica populacional referem-se à teoria

a) marxista

b) reformista

c) malthusiana

d) neomalthusiana

e) da transição demográfica

 

01 – Gab: E

02 – Gab: D

03 – Gab: D

Sobre o(a) autor(a):

Este texto foi elaborado pelo geógrafo e professor de Geografia Marcelo de Araújo para o Curso Enem Gratuito. Marcelo é formado em Geografia (licenciatura) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atualmente trabalha como autônomo. https://www.facebook.com/mdearaujo22

Compartilhe: