Expressionismo na arte: características, obras e artistas

O Expressionismo, também conhecido como Expressionismo Alemão, foi uma vanguarda artística do início do século XX, que ficou consagrado com artistas como Edvard Munch, Wassily Kandinsky e Ernst Ludwig Kirchner.

Você já deve ter ouvido falar no Expressionismo e com certeza conhece algumas obras desse movimento artístico, mesmo que não saiba disso. Neste post, vamos explorar como surgiu essa vanguarda, suas principais características e quem foram os principais artistas expressionistas e suas obras.

O que é o Expressionismo

O Expressionismo é uma importante vanguarda artística e estética que se iniciou no século XX. O termo surgiu na Alemanha e foi criado por Hewath Walden, proprietário de uma importante revista de arte alemã, em 1912.

Por esse motivo e pelo fato de que muitos artistas que seguiam esse movimento eram alemães é que é comum que se diga “Expressionismo alemão”. O intuito dos artistas expressionistas era de criar uma arte capaz de confrontar o espectador de uma forma direta com relação a seu estado de espírito. Assim, o Expressionismo surgiu como uma reação ao Impressionismo.

Publicidade

Como as linguagens artísticas muitas vezes dialogam entre si, ocorreu que arquitetura, literatura, música e artes plásticas se entrelaçaram e vemos obras Expressionistas em todas essas vertentes. Assim, o movimento foi bastante aceito, praticado e acolhido por círculos artísticos e intelectuais alemães especialmente nos primeiros vinte anos do século XX.

Características do Expressionismo

Os artistas expressionistas tinham o intuito de afastar-se da sociedade urbana burguesa, de onde grande parte era oriunda. Assim, alguns passaram a viver em comunidades rurais, onde conheceram um estilo de vida diferente das grandes cidades; tornaram-se colecionadores/entusiastas do folclore alemão.

Por isso, juntamente com a influência pelo trabalho de Paul Gauguin houve um interesse em reacender a força original da arte, que julgavam não mais existir.

Uma forte característica do Expressionismo é a presença de uma densa carga emocional, muitas vezes trágica ou que transmite angústia. Além disso, outras características presentes nas obras expressionistas são a distorção de elementos, a preferência por cores fortes e bastante uso do preto.

Principais artistas e obras expressionistas

Alguns artistas se destacaram dentro do Expressionismo alemão e, assim, suas obras ficaram eternizadas na história da arte.

Edvard Munch e “O grito”

Edvard Munch (1863-1944), foi um artista norueguês e um dos primeiros a explorar os viés do Expressionismo. Entretanto, por diversos historiadores, é considerado um pós impressionista e influenciador dos expressionistas.

Pois é aqui que ele entra na história da arte e da humanidade: em 1895, produziu a obra “O grito”. A obra é uma litografia, isto é, onde vemos um homem gritando. A obra nos mostra a súbita reação de um homem e como ela transforma nosso sensorial.

MUNCH, Edvard. “O grito”, 1895. Obra do Expressionismo
MUNCH, Edvard. “O grito”, 1895.

Repare que todas as linhas vão em direção à cabeça da pessoa que grita. Os traços têm um ar conturbado e sem contornos. O rosto é distorcido; os olhos estão arregalados e nos remete à sensação de que algo terrível acabara de acontecer. Com essas características, “O grito” de Edvard Munch se tornou um clássico do Expressionismo.

Ernst Ludwig Kirchner

Em 1905, o artista Ernst Ludwig Kirchner formou um grupo no norte da Alemanha com três colegas que compartilham do pensamento de que a arte que vinha sendo representada era insossa e sem sentimento.

Na cidade de Dresden, Erich Heckel, Karl Schmidt-Rottluff e Fritz Bleyl juntaram-se. Denominaram-se como “Die brücke” (A ponte). Os primeiros trabalhos do grupo são embasados e influenciados por Van Gogh (que veio um pouco antes) e pelo pós-impressionismo.

Em 1905 a 1908, passaram a praticar uma poética própria, caminhando a um estilo expressionista única. Por isso é importante conhecermos brevemente o grupo. Eles pintavam quase sempre ao ar livre, usavam perspectiva bastante limitada e cores vivas, com empastamentos grossos, pinceladas breves e marcadas, de modo a criar um efeito “trêmulo”, como veremos na obra de Kirchner a seguir:

KIRCHNER, E. Ludwig. “Duas mulheres na rua”, 1914. Obra do expressionismo
KIRCHNER, E. Ludwig. “Duas mulheres na rua”, 1914.

Kirchner criou diversas pinturas com cenas das ruas de Berlim. Nesta obra, observamos diversas características que salientam o estilo do artista: cores ácidas, luminosas, rostos angulosos; formas simplificadas.

O intuito aqui era focar a noite de Berlim, um espírito de independência das mulheres que nascia na época, com nuances de sensualidade. Formado em arquitetura, Kirchner refere-se ao escultural tanto nas roupas das mulheres quanto no fundo.

Wassily Kandinsky e Franz Marc

Já no sul da Alemanha, Wassily Kandinsky (1866-1944) juntou-se com o pintor Alexei von Jawlensky (1864-1941) e desenvolveram uma nova corrente do Expressionismo, com formas ainda mais simplificadas e mantendo o uso de cores fortes. Mais tarde, Franz Marc (1880-1916) se juntaria ao grupo.

KANDINSKY, Wassily. “Improvisação III”, 1909.

O trabalho de Kandinsky é conhecido pelo seu tema recorrente: animais. O uso não convencional de cores primárias também é uma forte marca de seu trabalho.

Esta obra foi pintada num período em que o artista se dedicou a representar uma cidade (Murnau), além de paisagens retiradas de sua imaginação, bem como referências dos contos de fadas.

É importante salientar que, para Kandinsky, todas as cores tinham um significado espiritual.

MARC, Franz. “O destino dos animais”, 1913. 
MARC, Franz. “O destino dos animais”, 1913. 

O uso de cores não usuais é bastante evidente, enfatizando as referências no que não é real.
Franz Marc pintou a relevante obra “O destino dos animais”, pintura relevante pelas pinceladas diferentes do até então usual.

Vídeo sobre o Expressionismo alemão

Para finalizar sua revisão, assista ao vídeo abaixo, do canal Mundo Edu!

Exercícios sobre o Expressionismo

Agora que você já sabe tudo sobre o Expressionismo, responda às questões abaixo, selecionadas pela professora de artes Renata Gambacorte.

Questão 1. Assinale a alternativa correta.

O início do Século XX, trás consigo uma grande gama de vertentes artísticas que vão dominar toda a produção artística da época. Entre 1904 e 1905, na Alemanha, com um grupo chamado Die Bruche, que significa A Ponte, tem início o
movimento Expressionista. Quanto a este movimento e suas características julgue os
itens:

a) A “sensação de luz e cor, não se importando com os sentimentos humanos e com a problemática da sociedade moderna” são características marcantes deste movimento.

b) É inegável que o Expressionismo seja uma aceitação ao que fora o Impressionismo.

c) O Grito, de Van Gogh, é um grande exemplo deste marcante movimento

d) O Expressionismo procurou expressar as emoções humanas e interpretar as angústias que caracterizaram psicologicamente o homem do inicio do século XX.

(fonte: http://professorakarenschiller.blogspot.com.br/2012/08/exercicios-sobre-expressionismo.html)

Questão 2. Com base na imagem do pintor expressionista James Ensor e nos conhecimentos sobre o Expressionismo, assinale a alternativa correta.

(ENSOR, J., Intriga, 1890. 0,90 x 1,50 cm. Museu Real de Artes, Antuérpia.)

a) A pintura expressionista trabalha com partes de uma mesma imagem, recompondo-as e utilizando-as ao mesmo tempo, a fim de criar várias perspectivas e dar a impressão de que um objeto pode ser visto ao mesmo tempo sob todos os ângulos.

b) Pintando diretamente sobre a tela branca, utilizando somente cores puras justapostas em vez de misturá-las previamente na paleta, os pintores expressionistas buscavam obter a vibração da luz; pesquisavam os cambiantes efeitos da luz na atmosfera e nos objetos a fim de fixá-los na tela.

c) A proposta do Expressionismo é de que a arte flua livremente a partir do inconsciente, da livre associação, com a incorporação de elementos ilógicos do sonho, da fantasia, sem se submeter a qualquer teoria vigente e a nenhuma lógica.

d) O expressionista é inclinado a deformar a realidade de modo cruel, caricatural, muitas vezes hilário; o exagero, a distorção e a dramaticidade das formas, linhas e cores revelam uma atitude emocional do artista.

e) O movimento expressionista propõe a construção de valores burgueses, utilizando-se do lirismo para afirmar conceitos da sociedade; suas manifestações são intencionalmente ordenadas e objetivam conquistar a crítica.

Questão 3. Marque a alternativa correta:

a- ( ) No Expressionismo predomina a verossimilhança.

b- ( ) Os expressionistas são considerado deformadores da realidade.

c- ( ) No Expressionismo a arte é deixada de lado.

d- ( ) Obras expressionistas não são consideradas como produções artísticas.

GABARITO:

1-D, 2- D, 3-B

Sobre o(a) autor(a):

Renata Gambagorte é formada em Licenciatura em Artes Visuais pela Universidade Estadual do Paraná com pós graduação em Cenografia pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente atua na rede de ensino em Curitiba. Facebook: https://www.facebook.com/renatagmbgrt

Compartilhe: