Como fazer uma boa introdução para sua Redação

Aprenda a escrever uma introdução da redação que deixe claro o tema e que apresente os pontos de vista a serem abordados no desenvolvimento!

A introdução é uma parte muito importante do texto dissertativo-argumentativo. Nela, você tem uma possibilidade de deixar uma boa impressão e trazer um primeiro elemento que mostre o seu repertório sociocultural. Além disso, na introdução você irá apresentar o seu ponto de vista e mostrar ao seu leitor como esse posicionamento será desenvolvimento no decorrer do texto. Ou seja, este único parágrafo te ajuda na argumentação e organização do seu texto.

É bastante coisa, certo? Por isso, nesta aula, vamos aprender como fazer uma boa introdução para a Redação do Enem.

Componentes essenciais em uma boa introdução:

De maneira geral, a introdução do texto dissertativo precisa apresentar três elementos que são: assunto/contexto, tema e tese.

O tema é o que a própria proposta nos apresenta, a parte principal do enunciado.

O assunto ou contexto, por sua vez, é algo que faz parte desse tema, mas que não aborda a especificidade apresentada pela prova. Ou seja, é algo que perpassa a temática, mas não é ela propriamente dita.

Por exemplo, no tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”, posso lidar com assuntos tal como a intolerância, religião, diversidade religiosa, entre outras questões.

Por fim, a tese é o que mostrará o posicionamento que você irá defender no decorrer do texto. Pensar em uma tese com muito cuidado é muito importante. Afinal, a função do texto dissertativo é defender uma tese, não é mesmo? Além disso, essa definição irá organizar o seu texto, pois dela dependerão os objetivos dos teus parágrafos de desenvolvimento.

Antes de vermos como elaborar esses elementos e criar uma introdução, é importante lembrar que você não precisa buscar apresentar nada além dos elementos citados, pois se eles estiverem bem feitos, sua introdução estará bem feita. Fazendo isso, você não correrá o risco de começar a argumentar na sua introdução, o que descaracteriza o parágrafo e pode te atrapalhar.

Elaborando a introdução:

Agora sim, vamos ver como elaborar a sua introdução:

Basicamente, mesmo que não seja a única, a forma mais clara de apresentar os elementos necessários é ir do mais amplo (assunto), passar pela temática e terminar no recorte específico que você propõe (tese), como mostra a próxima imagem:

redação - introdução
Estrutura da introdução do texto dissertativo

Todavia, mesmo que a sequência que aparecerá no texto seja essa, você deve começar a pensar no seu texto não pelo contexto, mas pela relação entre o tema e a tese. Por isso, o primeiro passo é ler com muita atenção a temática para compreendê-la. Com base nisso, você deve delimitar o que será defendido.

Para terminar a sua tese, você deverá se perguntar o que acha sobre a temática e dividir esta tese em duas ideias para serem desenvolvidas nos seus parágrafos de desenvolvimento.

Saiba como escrever um texto dissertativo argumentativo.

O movimento proposto é exemplificado abaixo com base em uma redação que recebeu nota 1000 na prova do Enem de 2017 (Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil):

redação - tese
Como delimitar a tese do texto dissertativo-argumentativo

A resposta dessas perguntas (a sua tese) e a sua relação com a temática devem aparecer no final da introdução, como é visto na imagem 02. Feito isso, então, você deve pensar em um contexto/assunto que te leve até a temática e será o início da sua redação.

Para determinar o assunto/contexto, que irá iniciar o seu texto, você deve pensar em algo que se relacione com o recorte da temática, mas que pode ser mais amplo. Este espaço é ótimo para você aproveitar e mostrar seu repertório sociocultural, pois, como a questão abordada ainda não precisa ser tão específica, você pode trazer um contexto histórico, citação ou menção com uma liberdade um pouco maior. Então, vale a pena usar este início do texto para já chamar a atenção do leitor, certo?

Para exemplificar o que vimos nesta aula, leia atentamente a introdução do texto nota 1000 escrito por Thaís Fonseca Lopes de Oliveira no ano de 2017 e verifique como ela utiliza a estrutura que você acabou de aprender:

redação - ex 1

Veja como, no exemplo acima, a autora utilizou como assunto um mito grego para abordar a questão das barreiras para, então, relacionar essas barreiras com as que são enfrentadas pelos surdos no Brasil. Essa relação fez com que ela adentrasse na proposta de redação, ou seja, no tema. Feito isso, ela demonstrou as suas ideias – suas teses – criadas com base nas perguntas propostas na figura 03.

Para que não fiquem dúvidas, veja esta mesma estrutura em outras introduções de textos que tiraram nota 1000 no Enem:

redação - ex 2

redação - ex 3

redação - ex 4

Caso você ainda tenha alguma dúvida ou queira aprofundar esta questão tão importante para a sua redação, veja a aula abaixo:

Sobre o(a) autor(a):

Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Daniela Cristina Garcia para o Curso Enem Gratuito. Daniela é formada em Letras (Língua portuguesa e literaturas) pela Universidade Federal de Santa Catarina e é mestre em Linguística (também pela UFSC). Dá aulas de Língua Portuguesa, com ênfase em redação, em escolas e cursos pré-vestibular de Florianópolis e possui experiência em correção de redação de vestibulares e exames.