Ligação Iônica

Que tal relembrar um pouco sobre ligações iônicas? Esse assunto é bem importante e muito cobrado na prova do Enem e dos vestibulares de todo Brasil! Revise Química com este resumo que o Curso Enem Gratuito preparou para você! Estude com a gente!

Partindo da ideia de estabilidade mostrada pelos gases nobres (a camada de valência completa), certos átomos necessitam doar ou receber elétrons para que adquiram a mesma configuração dos gases nobres.

Sendo assim, caso o átomo perca ou ganhe elétrons para estabelecer uma ligação com outro átomo a fim de se igualar aos gases nobres, ele formará um íon.

Dessa maneira, a ligação estabelecida entre dois átomos que resulta na formação de íons é chamada de ligação iônica. Você sabe como ocorrem essas ligações? Não? Então revise com esta aula de Química para o Enem!

Como ocorre uma ligação iônica

A ligação iônica ocorre entre íons, positivos (cátions) e negativos (ânions). É caracterizada pela existência de forças de atração eletrostática entre os íons e ocorre entre elementos que apresentam tendências opostas, ou seja, é necessário que um dos átomos participantes da ligação possua a tendência de perder elétrons enquanto o outro, a de receber elétrons.

Como regra, os elementos com maior probabilidade de formar cátions em compostos iônicos são os metais alcalinos e alcalino-terrosos e os elementos com maior probabilidade de formar ânions são os halogênios e o oxigênio. Assim, uma vasta gama de compostos iônicos combina um metal do grupo 1 ou do grupo 2 com um halogênio ou com oxigênio.

A ligação iônica é a única em que ocorre transferência definitiva de elétrons.

Para entender melhor o conceito, vamos ver um exemplo?

A formação do sal de cozinha (cloreto de sódio) é um bom exemplo de ligação iônica entre o átomo de sódio (Na) e Cloro (Cl).

O átomo de sódio (Na) não é estável pela Teoria do Octeto, pois apresenta um elétron na camada de valência. Sua estabilidade eletrônica será atingida pela perda de um elétron, originando o íon Na+.

O átomo de cloro (Cl) não é estável pela Teoria do Octeto, pois apresenta sete elétrons na camada de valência. Sua estabilidade eletrônica será atingida pelo ganho de um elétron, originando o íon Cl. Observe:

ligações iônicas Na e Cl

Após a formação dos íons (Na+ e Cl) eletronicamente estáveis, ocorre uma interação eletrostática (cargas com sinal contrário se atraem):

Na+  + Cl–   → NaCl

Os compostos formados por ligações iônicas são chamados compostos iônicos e são eletricamente neutros.

A interação entre os íons produz aglomerados com forma geométrica definida, denominados retículos cristalinos, característicos dos sólidos.

ligacao ionica entre Na e Cl

Figura 2. Retículo cristalino formado pelo composto iônico Cloreto de sódio.

Características dos compostos iônicos:

a) Como apresentam forma definida, são sólidos nas condições ambientes (temperatura de 25°C e pressão de 1 atm).

b) Os compostos iônicos apresentam elevadas temperatura de fusão e temperatura de ebulição.

c) Quando submetidos a impacto, quebram facilmente, produzindo faces planas; são, portanto, duros e quebradiços.

d) Apresentam condutibilidade elétrica quando dissolvidos em água ou quando puros no estado líquido (fundidos), devido à existência de íons com liberdade de movimento, que podem ser atraídos pelos eletrodos, fechando o circuito elétrico.

e)  Seu melhor solvente é a água.

Fórmula dos compostos iônicos:

A fórmula correta de um composto iônico é aquela que mostra a mínima proporção entre os átomos que se ligam, de modo que se forme um sistema eletricamente neutro. Para que isso ocorra, é necessário que o número de elétrons cedidos pelos átomos de um elemento seja igual ao número de elétrons recebidos pelos átomos do outro elemento.

 Que tal conhecer uma maneira prática e rápida, de determinar a quantidade necessária de cada íon para escrever a fórmula iônica correta? Veja o esquema:

Agora que você já revisou tudo sobre as ligações iônicas, fixe o conteúdo assistindo esta videoaula do canal Ciência Em Ação – Prof. Paulo Valim, não deixe de conferir!

E agora? Que tal testar seu conhecimento? Você consegue resolver estes exercícios?

Questão 01 – (UDESC SC)    

Ao se analisar o caráter iônico entre dois átomos diferentes, formadores de uma ligação, é necessário verificar a eletronegatividade.

Assinale a alternativa que apresenta o composto químico com o caráter iônico mais acentuado.

a)        F2

b)        HI

c)         KF

d)        KI

e)        NaI

Questão 02 – (IBMEC SP Insper)    

Um professor entregou a cada aluno o nome de um personagem da série de TV Game of Thrones®. Em seguida, solicitou que cada aluno utilizasse as letras do nome do personagem para escrever símbolos de elementos químicos, comparar propriedades periódicas desses elementos e construir as fórmulas dos possíveis compostos formados por eles. Só valiam os símbolos formados pela leitura feita da esquerda para a direita e com letras subsequentes.

Um dos alunos recebeu o nome do personagem Bran Stark. Para esse personagem, o elemento com maior raio atômico representado pelas letras do nome e sobrenome e a fórmula do composto iônico formado pelos símbolos contidos nas letras do sobrenome são, respectivamente:

a)        enxofre e KS.

b)        potássio e KS2.

c)         boro e KS.

d)        rádio e K2S.

e)        nitrogênio e K2S.

Sobre o(a) autor(a):

Munique é formada em química pela UFSC, tem mestrado e doutorado em Engenharia Química, também pela UFSC.