Minorias sociais e luta política

Muito se fala, hoje em dia, sobre as minorias sociais, mas poucos dão conta de que as chamadas minorias são formadas pela maioria da população. Mas, como isso é possível? Saiba mais com esta revisão de Sociologia para o Enem.

As minorias sociais são grupos de pessoas que se encontram em situação de desvantagem social, cultural, política, étnica, física, religiosa ou econômica dentro de uma sociedade.

São grupos que costumam estar à margem da sociedade e que sofrem preconceito e discriminação. Então, mesmo que estes grupos eventualmente estejam em maioria numérica, são as relações de dominação entre os diferentes grupos sociais que irão definir quem faz parte das minorias sociais.

Quem são os grupos que compõem as minorias sociais?

Embora exista uma tendência a que os mesmos grupos de pessoas componham as chamadas minorias no contexto global, principalmente pelo fato de vivermos em uma sociedade globalizada, eles podem variar de um país para outro. Os judeus, por exemplo, são o grupo hegemônico em Israel, mas podem ser considerados minoritários em outros países, como nos que há predominância católica.

minorias sociais - Minorias étnicas
Minorias étnicas. Fonte: http://jopbj.blogspot.com.br/2015/05/o-problema-das-minorias-etnicas-no.html

No Brasil, temos como principais minorias: negros, mulheres, LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e pessoas trans), indígenas, deficientes e pessoas de classes populares.

Estes grupos são considerados pela “maioria” como “diferentes”, seja por sua aparência física, origem étnico-racial, poder aquisitivo ou orientação sexual.

A “diferença” destas pessoas, que poderia ser vista como positiva por possibilitar troca de experiências, aprendizado e crescimento, é transformada em desigualdade.

Como reconhecer uma minoria?

Os grupos minoritários têm algumas características comuns que fazem com que possamos identificá-los e que também contribuem para a unificação e o fortalecimento das minorias, são eles.

Podemos identificar minorias, primeiramente, pela vulnerabilidade em que se encontram, como já falamos anteriormente. Outra característica comum às minorias é a organização de movimentos de luta contra privilégios de grupos dominantes e a construção de estratégias de luta por direitos.

Os grupos minoritários, em geral, não encontram amparo suficiente na legislação vigente, ou, se o amparo legal existe, não é implementado de modo eficaz, logo, estes grupos ficam mais vulneráveis ao preconceito, à discriminação e ao extermínio. As minorias lutam contra o padrão vigente estabelecido, que as oprime, e para isso utilizam estratégias comuns como passeatas, manifestos e diversos tipos de exposição na mídia.

Luta política e (des)respeito aos direitos humanos

As minorias costumam se organizar por meio de movimentos sociais para lutar por seus direitos, para pressionar as instituições responsáveis a cumprir seus deveres para com estas populações.

Os movimentos feministas e o movimento negro são exemplos expressivos das lutas de minorias no Brasil. O Geledés, Instituto da Mulher Negra, fundado em 1988, ao aliar os direitos das mulheres com os direitos dos negros, vem trazendo visibilidade para as reivindicações do segmento específico das mulheres negras, que são as mais oprimidas dentro da minoria mulheres.

Minorias sociais - mulheres
Luta das mulheres. Fonte: https://jornalggn.com.br/noticia/mulheres-em-luta-por-nenhum-direito-a-menos-por-juliane-furno

Dados recentes mostram que a violência contra as mulheres brancas diminuiu, mas contra as mulheres negras só tem aumentado no Brasil.

De acordo com o Mapa da Violência, divulgado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), de 2003 a 2013 a morte de mulheres brancas por violência diminuiu 10%, mas a morte de mulheres negras aumentou 54% em todo o País.

Assim, podemos concluir que as minorias lutam por respeito, reconhecimento e representatividade, pela igualdade de direitos, direitos humanos, civis e sociais assegurados pela constituição e pela declaração de direitos humanos.

Para saber mais sobre as minorias sociais, assista a videoaula do nosso canal:

Exercícios sobre minorias sociais e luta política

Minorias sociais - exercícios

1) (ENEM-2017)

Nesse trecho de suas memórias, Luiz Gama ressalta a importância dos(as)

a) laços de solidariedade familiar.

b) estratégias de resistência cultural.

c) mecanismos de hierarquização tribal.

d) instrumentos de dominação religiosa.

e) limites da concessão de alforria.

2) (ENEM-2016)

A demanda da comunidade afro-brasileira por reconhecimento, valorização e afirmação de direitos, no que diz respeito à educação, passou a ser particularmente apoiada com a promulgação da Lei 10.639/2003, que alterou a Lei 9.394/1996, estabelecendo a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileiras e africanas.

Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana. Brasília: Ministério da Educação, 2005.

A alteração legal no Brasil contemporâneo descrita no texto é resultado do processo de

a) aumento da renda nacional

b) mobilização do movimento negro

c) melhoria da infraestrutura escolar.

d) ampliação das disciplinas obrigatórias
e) politização das universidades públicas.

3) Sobre as minorias sociais, assinale a alternativa incorreta:

a) As minorias sociais são grupos de pessoas que se encontram em situação de desvantagem social, cultural, política, étnica, física, religiosa ou econômica dentro de uma sociedade.

b) O movimento negro e os movimentos feministas são exemplos de organizações de minorias sociais

c) As minorias são as mesmas em todos os países do mundo

d) As mulheres negras são uma minoria social ainda mais desprivilegiada que as mulheres brancas

e) As minorias são grupos de pessoas mais vulneráveis na sociedade

Gabarito:

1) b

2) b

3) c

Sobre o(a) autor(a):

Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Ben para o Blog do Enem. Juliana é graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e especialista em Ensino de Sociologia para o Ensino Médio pela mesma universidade. Atua como professora de sociologia no RS e em SC desde 2010. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.ben.brizola