Advérbios e Locução Adverbial: o que são, função e classificação

Os Advérbios funcionam para conferir uma circunstância às palavras da frase que são modificadas por eles. Podem dar sentido de afirmação, negação, dúvida, entre outros.

Sabe aquelas palavrinhas que usamos para dar intensidade, marcar o tempo ou o modo como acontecem as situações do cotidiano? Essas palavras são os advérbios e as usamos diariamente (Eita! Acabei de usar!) numa conversa com amigos ou quando escrevemos. Vamos desvendá-las?

Os advérbios são palavras que modificam um verbo, um adjetivo ou outro advérbio numa determinada frase. São flexionados em grau (comparativo e superlativo) e classificados em: advérbios de modo, intensidade, lugar, tempo, negação, afirmação, dúvida.

Frequentemente o advérbio não é representado por uma única palavra, mas por um conjunto de palavras, ou seja, por  uma locução adverbial. As locuções adverbiais se formam por preposição mais substantivo, preposição mais adjetivo e preposição mais advérbio.

Alguns exemplos de locução adverbial: às vezes, às duas, de repente, em princípio, por acaso, sem pressa, de modo nenhum, de maneira alguma, de uma vez por todas, aos trancos e barrancos, de quando em quando… algumas vezes, muitas vezes, certa vez, um dia, dentro em pouco, via de regra, dia a dia, pouco a pouco, frente a frente, etc.Garfield, de Jim Davis.  Na tirinha, a locução adverbial com certeza é formada pela preposição com + o nome certeza

Resumo sobre os Advérbios e Locuções Adverbiais

Para começar bem a sua revisão veja agora um resumo simples e rápido com a professora Mercedes, do canal Curso Enem Gratuito, com os destaques sobre os Advérbios e as Locuções Adverbiais.

Muito boa esta explicação. Agora, vamos seguir com a aula completa, e depois ainda têm os exercícios para testar o seu nível.

Classificação dos advérbios

Dependendo da circunstância em que são usados, os advérbios podem ser:

1 – Advérbio de Modo: Bem, mal, assim, adrede, melhor, pior, depressa, devagar, acinte, debalde. Locução adverbial de modo: em silêncio, de cor, ao contrário, às pressas,…

Palavras terminadas em “-mente”: cuidadosamente, calmamente, tristemente, dentre outras. Exemplo: Estava andando depressa por causa da chuva.

2 – Advérbio de Intensidade: Muito, demais, pouco, tão, quão, demasiado, bastante, imenso, demais, mais, menos, quanto, quase, tanto, assaz, tudo, nada, todo.

Locuções adverbiais: de todo, de muito, de pouco, em excesso, por completo.

Terminados em -mente: demasiadamente, completamente, totalmente, extremamente, altamente, obviamente, absolutamente (a maioria dos advérbios modificadores de outros advérbios e adjetivos são de intensidade).  Exemplo: Comeu demasiado naquele almoço

3 – Advérbio de Lugar:  Aí, aqui, acolá, cá, lá, ali, adiante, abaixo, embaixo, acima, adentro, dentro, afora, fora, defronte, atrás, detrás , atrás, além, aquém, antes, algures, nenhures, alhures, aonde, longe, perto.

Locuções Adverbiais: em domicílio (com verbos ou nomes estáticos), a domicílio (com verbos ou nomes dinâmicos), de longe, de perto, por detrás, por perto, à direita, à esquerda, ao lado, de dentro, à distância.

Terminados em -mente: externamente, internamente, interiormente, proximamente, lateralmente. Exemplo: O livro está embaixo da mesa.

4 – Advérbio de Tempo: Hoje, já, afinal, logo, agora, amanhã, amiúde, antes, ontem, tarde, breve, cedo, depois, enfim, entrementes, ainda, jamais, nunca, sempre, doravante, outrora, primeiramente, imediatamente, antigamente, provisoriamente, sucessivamente, constantemente.

Locuções adverbiais: ao vivo, à noite, à tarde, de dia, de manhã, pela madrugada, em breve, de tempos em tempos, de vez em quando, um dia, certa vez, esta semana, no entretanto.

Terminados em -mente: atualmente, constantemente, imediatamente, provisoriamente, sucessivamente, eventualmente, concomitantemente, esporadicamente, oportunamente, terminantemente (= de vez), normalmente/geralmente (frequência), temporariamente, provisoriamente, transitoriamente, semestralmente, bimestralmente, semanalmente, finalmente.

Ex.: Sempre estamos juntos.

5 – Advérbio de Negação: Não, nem, tampouco, nunca, jamais.

Locuções adverbiais: de modo algum, de maneira alguma, de forma alguma, de modo nenhum, por nada, de nada, em hipótese alguma…

Terminados em -mente: absolutamente. Exemplo: Jamais reatarei aquela amizade.

6 – Advérbio de Afirmação: Sim, deveras, indubitavelmente, decididamente, certamente, realmente, decerto, certo, efetivamente.

Locuções adverbiais: com efeito, sem dúvida (alguma), com certeza, na realidade, de fato, por certo.

Terminados em -mente: certamente, positivamente, fatalmente, indubitavelmente, efetivamente, incontestavelmente, indiscutivelmente, verdadeiramente, realmente, seguramente.

Ex: Ele gostou deveras do presente de aniversário.

7 – Advérbio de Dúvida: Possivelmente, provavelmente, acaso, porventura, quiçá, será, talvez, casualmente.

Locuções adverbiais: por ventura, por acaso (Celso Cunha coloca ‘por acaso’ entre as de modo).

Terminados em -mente: possivelmente, provavelmente, supostamente…

Ex.: Provavelmente irei comprar aquele vestido.

Graus: Comparativo e Superlativo

Além disso, eles podem ser flexionados nos graus comparativo e superlativo, apesar de serem considerados palavras invariáveis pois não sofrem flexão de número (singular e plural) e gênero (masculino, feminino) :

No Grau Comparativo, o advérbio pode caracterizar relações de igualdade, inferioridade ou superioridade.

  • Igualdade: Ele chegou tão cedo quanto o colega.
  • Superioridade: Ele chegou mais cedo que (do) o colega.
  • Inferioridade: Aquela menina escreve menos depressa (do) que eu.

No Grau Superlativo, o advérbio pode ser:

  • Sintético: a alteração de grau é feita pelo acréscimo de um sufixo ao advérbio (uso de sufixo -íssimo ou -issimamente). Ex.: Ele acordou apressadissimamente.
  • Analítico: a alteração de grau é feita com o auxílio de outro advérbio, no caso, um advérbio de intensidade (uso de advérbio de intensidade modificando outro advérbio, sem sufixo). Ex.: Ela corre bem mal.
Curiosidades

Ainda existem, na classificação dos advérbios, os advérbios Interrogativos. Eles são utilizados nas interrogações diretas e indiretas relacionados com as circunstâncias de modo, tempo, lugar e causa. São eles: quando, como, onde, aonde, donde e por que.

Já as locuções adverbiais interrogativas são: às pressas, passo a passo, de longe, hoje em dia, de vez em quando, dentre outras.

Gostou da aula? Quer saber mais sobre advérbios? Dá uma conferida nessa videoaula da professora Jéssica Fiorini, também do canal do Curso Enem Gratuito:

Excelentes este resumo. Agora, é hora de testar o seu conhecimento!

10 exercícios para treinar

.

Sobre o(a) autor(a):

Regina é Licenciada Plena em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e, além de manjar de Português, gosta de desenhar pessoas.

Compartilhe: