Simple Past

Veja como identificar a diferença entre o Simple Past e o Present Perfect. Estude Inglês para o Enem com o Curso Enem Gratuito!

O tempo verbal Simple Past indica ações que aconteceram no passado. Conhecer bem este tempo verbal e saber diferenciá-lo do Present Perfect pode fazer você acertar ou errar aquela questão de interpretação de inglês do Enem e dos vestibulares. Para você não ficar para trás e arrebentar em inglês, estude o Simple Past com esta aula do Curso Enem Gratuito. Vem com a gente!

Como você já sabe, o Simple Past é um tempo verbal do inglês que permite descrever ações que aconteceram no passado. Essas ações precisam ter acontecido e acabado no passado. Para você entender melhor o que estou querendo dizer, observe os seguintes exemplos:

“Eu fiz faculdade de Biologia.”

“Eu faço faculdade de Biologia há três anos.”

Na primeira frase você consegue entender que o sujeito da oração fez faculdade, em um tempo passado, e que essa atividade também acabou no passado. Já na segunda, a oração fala que o sujeito começou a faculdade no passado e ainda continua estuando. Percebeu a diferença?

Nesta aula, vamos tratar de ações como as que ocorrem no primeiro exemplo – ações que ocorreram (começaram e terminaram) no passado. Para estas ações, usaremos o Simple Past para descrevê-las em inglês.

Dica: Em inglês, para descrevermos as ações da segunda frase, devemos usar o Present Perfect. Ao longo desse post você vai revisar as principais diferenças entre estes tempos verbais. Mas, se quiser estudar o Present Perfect mais a fundo, veja esta excelente aula da professora Regina com videoaula do professor Eduardo.

Para compreendermos direitinho a construção de orações utilizando o Simple Past, é importante também relembrarmos a estrutura do verbo To Be, pois é um dos poucos verbos em inglês que não precisa de auxiliar. Vamos lá?

Simple Past (ação ou hábito no passado) – Verb To Be

Forma afirmativa:

Para construirmos uma frase afirmativa no Simple Past do verbo To Be, sempre utilizaremos a seguinte “fórmula”: Sujeito + verbo to be. Veja na tabela a seguir a conjugação correta para cada pessoa:

Simple Past - pronomes pessoais

Para compreender melhor, veja o exemplo:

I was a student.
(Eu era um aluno.)
Neste caso: sujeito (I) + verbo to be (was).

Forma negativa:

Para formarmos a estrutura negative do Simple Past no verbo To Be adicionamos a partícula negativa “not” após o verbo. Veja no exemplo:

I was not a student.
(Eu não era um aluno.)

Forma interrogativa:

Já para a forma interrogativa, o verbo To Be irá inciar a pergunta. Veja na frase a seguir:

Were you a student?
(Você é um aluno?)

Simple Past (ação no passado) – Other Verbs (outros verbos)

Forma afirmativa:

Para conjugarmos outros verbos no Simple Past na sua forma afirmativa, a regra geral é acrescentar “ed” aos verbos. Essa regra é válida para todos os pronomes.

Para estruturarmos a frase,  a ordem é sempre “sujeito + verbo acrescentado de ‘ed'”. Veja o exemplo:

I worked at Curso Enem Gratuito in 2017
(Eu trabalhei no Curso Enem Gratuito em 2017.)
Neste caso: sujeito = “I” + verbo = “worked” (verbo work + ed).

Forma negativa:

Para a forma negativa do Simple Past, adicionamos a partícula negativa “not” após o auxiliar. Lembre-se de que todos os pronomes utilizam o mesmo auxiliar: did. Fácil, não é mesmo? Veja o exemplo:

I didn’t work at Blog do Enem in 2017
(Eu não trabalhei no Blog do Enem.)
Note que neste exemplo utilizamos a forma contraída: did not = didn’t.

Forma interrogativa:

Na forma interrogativa, semelhante ao que ocorre no Simple Past do verbo To Be, a partícula did (verbo auxiliar) inicia a pergunta. Veja como fica:

Did you work at Blog do Enem in 2017?
(Você trabalhou no Blog do Enem?)

Mas e a questão pragmática? Quando utilizamos o Simple Past e quando utilizamos o Present Perfect?

O Simple Past é utilizado em ações determinadas e finalizadas no passado. No exemplo, temos:

“I worked at Curso Enem Gratuito in 2017”.

Logo, a ação de trabalhar ocorreu e terminou em 2017, um período de tempo determinado. Já no exemplo:

“I have studied English”, podemos ter duas intenções comunicativas diferentes:

Eu estudei inglês em um momento indeterminado. Ou seja, a ação já está encerrada, mas não se sabe se é recente ou em um passado distante.

Eu tenho estudado inglês. Isto é, comecei a estudar inglês no passado e ainda continuo estudando inglês.

Como diferenciar os dois usos?

Por pistas no contexto que indiquem se a ação foi isolada ou se é um hábito iniciado no passado que ainda afeta o presente. Os frequency adverbs ajudam bastante:

I have studied English lately. (Eu tenho estudado Inglês ultimamente).

Nesse caso, a ação de estudar começou no passado e continua no presente.

Have you ever been to London? (Você já esteve em Londres?)

Já nesta frase, “ever” indica que a ação ocorreu uma vez em uma passado indeterminado.

Essas pequenas diferenças de contexto podem diferenciar interpretações textuais e ajudar em questões teste.

Veja essa videoaula do canal Tia do Inglês sobre o Present Perfect:
E também essa outra sobre o Simple Past:
Para praticar, tente fazer esses exercícios sobre esse texto retirado de uma prova do Enem:

Simple Past - text

1- Na frase “Israel has always been a standout destination”, há a indicação de que:

a) Israel foi um destino de destaque num passado recente, mas terminado.
b) Israel foi um destino de destaque num passado distante.
c) Israel é um destino de destaque apenas na atualidade.
d) Israel foi um destino de destaque desde o passado até a atualidade.
e) Israel deseja ser um destino de destaque no futuro.

Resposta: d

2- Sobre o texto, é possível afirmar:

a) Os pontos turísticos são de difícil acesso.
b) Os turistas são predominantemente cristãos, não havendo presença de outros grupos religiosos.
c) Os pontos turísticos são construções modernas e tecnológicas.
d) As visitas a Israel são de fácil acesso e não são exaustivas.
e) Os pontos turísticos são ruínas, templos e locais associados à Bíblia.

Resposta: e