Biomas brasileiros: as característica de cada bioma

Você conhece cada um dos biomas brasileiros? Sabe dizer quais são as características que os definem? Veja aqui tudo sobre a Mata Atlântica, o Cerrado, a Caatinga, os Pampas, a Amazônia e o Pantanal!

Os biomas são grandes ecossistemas terrestres com características paisagísticas próprias, tendo formações vegetais, nichos ecológicos e espécies específicos. Todas essas características de um bioma são influenciadas por diversos fatores, como relevo e tipos de solo. Porém, os fatores macroclimáticos são os principais limitantes dos biomas.

Como o nosso país apresenta vasta extensão territorial, acaba também apresentando características climáticas regionais, que produzem diferentes paisagens e ecossistemas.

Mapa dos Biomas Brasileiros
Fonte: https://goo.gl/uijeyB

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), existem seis biomas brasileiros bem definidos: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica e Campos Sulinos. Veja na imagem: Fonte do mapa com os seis Biomas Brasileiros: https://goo.gl/uijeyB

Você conhece as características dos biomas do Brasil? Não? Então confira a revisão abaixo!

Bioma da Floresta Amazônica

A floresta Amazônica é a maior floresta tropical do planeta.

A maior parte da Floresta Amazônica localiza-se em território brasileiro, do qual cobre cerca de 40%. No Brasil ela é encontrada em nove estados: Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins.

Além de ser a maior floresta tropical em extensão territorial, a Amazônia também possui a maior diversidade biológica. A Floresta Amazônica é uma floresta densa, com inúmeras espécies de plantas em todos os extratos vegetais (ou seja, nas diferentes alturas e locais ocupados pelas plantas em uma floresta).

Dentre as espécies de plantas podemos citar a seringueira (da qual é extraído o látex para a produção de borracha), o cupuaçu, o guaraná, palmeiras (como o açaí e o tucumã), a castanheira e o angelim.biomas brasileiros - Ararajuba da Floresta AmazônicaNa imagem, veja a Ararajuba – animal símbolo da Amazônia

Nesta formação vegetal da Amazônia encontram-se várias plantas com propriedades medicinais, como o quinino, utilizado no tratamento da malária.

A fauna da Floresta Amazônica também merece destaque entre os biomas brasileiros, contendo espécies de aves raras como a harpia (maior águia do mundo) e o uirapuru, várias espécies de mamíferos como a preguiça-real, onça-pintada e bugio, assim como inúmeras espécies de insetos e outros invertebrados.

A Amazônia encontra-se fortemente ameaçada pela exploração madeireira e pelo avanço das monoculturas e criação de gado.

Bioma da Mata Atlântica

A Mata Atlântica, assim como a Floresta Amazônica, também é uma floresta tropical extremamente biodiversa. Esse bioma estende-se por todo o litoral brasileiro e boa parte dos estados da região Sul, em montanhas e planícies litorâneas.

extensão da mata atlântica no território brasileiro - biomasAtualmente, a Mata Atlântica encontra-se em sério risco, pois está situada em regiões de grande ocupação urbana e rural e estima-se que reste apenas 7% de floresta original.

Apesar de estar muito fragmentada, a Mata Atlântica apresenta grande importância social e ambiental. Este bioma regula e protege os principais recursos hídricos que abastecem cerca de 70% da população brasileira, além de proteger as encostas das serras onde ocorre.

Mico-leão-dourado - fauna da mata atlântica
Mico-leão-dourado

Nesta mata há grande diversidade de plantas (herbáceas, arbustivas e arbóreas), dentre as quais se destacam o pau-brasil, o jacarandá, a peroba, o cedro, a araucária e os ipês – todos ameaçados de extinção.

A fauna também é bastante diversificada, como toda floresta tropical. Destacam-se o muriqui (maior primata das Américas), o mico-leão-dourado, a onça-pintada, o leão baio (também chamado de onça-parda ou puma), a araponga (ave considerada a “voz da Mata Atlântica”) e a jacutinga.

A Mata das Araucárias (região onde a araucária predomina), segundo o IBGE está classificada dentro do bioma da Mata Atlântica. Porém, outras classificações consideram a Mata das Araucárias um bioma à parte.

Bioma da Caatinga

O Bioma da Caatinga (do tupi, caa = mata + tinga = branca) é uma savana que ocupa cerca de 11% do território brasileiro. Esse bioma possui uma vegetação constituída principalmente por plantas xerófitas, ou seja, plantas que possuem adaptações ao ambiente seco.

biomas brasileiros - caatinga

Em épocas mais secas, muitas plantas da caatinga perdem suas folhas, diminuindo sua perda de água. Outras adaptações à seca são os espinhos, formados a partir da redução das folhas e encontrados principalmente em cactáceas, como o xique-xique.

Na fauna da Caatinga podemos destacar o gavião carcará, a cascavel e a ararinha-azul (já extinta na natureza).

biomas brasileiros - Paisagem caatinga
Paisagem característica da caatinga

Bioma do Cerrado

O Cerrado, assim como a Caatinga, é uma savana que ocupa 25% do território do nosso país, sendo o segundo maior bioma brasileiro (depois da Amazônia).

O Cerrado ocorre na região Centro-Oeste, principalmente nos estados do Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Minas Gerais.

biomas brasileiros - cerradoO clima do Cerrado é bastante quente com períodos de seca rigorosa, onde é comum que ocorram incêndios naturais. Por tal motivo, muitas plantas do Cerrado possuem adaptações para resistir ao fogo, como caules com revestimentos mais resistentes ou caules subterrâneos. Apesar dos períodos de seca, que ocorrem principalmente no verão, o solo do Cerrado em geral possui bastante umidade a partir de 2m de profundidade.

Lobo-guará - fauna do cerrado
Lobo-guará – animal símbolo do Cerrado

Por isso, as plantas desse bioma apresentam raízes longas para conseguirem atingir os lençóis subterrâneos.  Algumas das plantas encontradas no Cerrado estão o araçá, o murici, a gabiroba e o indaiá. A fauna do Cerrado é muito rica, tendo espécies emblemáticas como a ema, o tamanduá-bandeira, o veado-campeiro, a sucuri, a onça-pintada e o lobo-guará.

O Cerrado é considerado um hotspot de conservação e está fortemente ameaçado pelos avanços das terras dedicadas à monocultura da cana e da soja e à criação de gado.

Bioma dos Campos Sulinos

extensão dos campos sulinos - biomas brasileiros

Os Campos Sulinos, também chamado de Pampas, são estepes localizados nos estados da região Sul (principalmente no Rio Grande do Sul).

Apresentam vegetação herbácea, constituída principalmente por gramíneas. Os animais mais característicos dos Campos Sulinos são o quero-quero, o tapiti (semelhante a um coelho) e o veado campeiro.

A vegetação predominante dos Campos Sulinos é muito semelhante à vegetação cultivada para a criação de gado. Por tal motivo, muitas regiões de Campos são utilizadas para esta atividade.

A agropecuária configura uma das principais ameaças ao bioma dos Campos Sulinos, pois muitas vezes são introduzidas espécies exóticas de gramíneas que favorecem o gado. Além disso, os animais de corte em grandes rebanhos promovem o pisoteamento do solo, diminuindo sua fertilidade.

campos sulinos
Paisagem típica dos campos sulinos

Bioma do Pantanal

O Pantanal é uma floresta tropical que abrange os estados do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso, estendendo-se também por território boliviano e paraguaio.

O Pantanal está localizado em uma região plana, que pode ser extensamente inundada em determinadas épocas do ano pelos rios que compõem a Bacia do Rio Paraguai. Mesmo nas épocas mais secas, vastas regiões permanecem alagadas formando lagos.

biomas brasileiros - Pantanal

biomas brasileiros - Paisagem típica do Pantanal
Paisagem típica do Pantanal

Por tal motivo, há muitas plantas típicas de brejos, como a vitória-régia. Já em regiões do Pantanal onde as inundações são raras, a vegetação se assemelha ao Cerrado.

Apesar de ter uma biodiversidade menor que a registrada nos biomas da Amazônia e do Cerrado, as população de várias espécies são muito grandes no Pantanal. Inclusive, considera-se que o Pantanal concentre as maiores populações de aves do continente, como os tuiuiús, garças e patos selvagens.

Para revisar as características dos biomas brasileiros, assista à videoaula da prof. Juliana:

Sobre o(a) autor(a):

Juliana é bióloga formada pela Universidade Federal de Santa Catarina, ministra aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007 e é coordenadora pedagógica do Blog do Enem.