Inscrição do Enem 2019

Começou nesta segunda-feira (6 de maio) o prazo para fazer a inscrição do Enem 2019. Veja como fazer a sua!

Novembro está longe, mas já começou o prazo para você fazer a sua inscrição do Enem 2019! É importante ficar atento às datas e aos detalhes para não perder a oportunidade de fazer a prova deste ano!

Prazo para fazer a inscrição

As inscrições já começaram (6 de maio) e vão só até às 23h59 do dia 17 de maio (sexta-feira). Passado esse período, não será mais possível se inscrever para o Enem 2019. Se liga!

Além de fazer a inscrição, o candidato deverá pagar a GRU (Guia de Recolhimento da União) referente à taxa de inscrição, no valor de R$ 85 (oitenta e cinco reais). O prazo limite para o pagamento é o dia 23 de maio. Caso o pagamento não seja efetuado, a inscrição não será confirmada.

Veja as principais dicas da equipe do Curso Enem Gratuito para você não se perder na inscrição e organizar a sua vida para mandar bem nas provas:

Quem tem isenção também precisa se inscrever

Os candidatos que tiverem feito o pedido de isenção da taxa de inscrição e que tiverem tido suas solicitações aprovadas também devem efetuar sua inscrição, como todos os outros candidatos.  A única diferença é que não será necessário pagar a taxa de inscrição.

Então, fique atento: mesmo que seu pedido de isenção tiver sido aprovado, você ainda precisa se inscrever entre os dias 6 e 17 de maio, ou não vai poder fazer a prova!

Novo sistema de inscrição

Este ano foi lançado um novo sistema de inscrições para o Enem, onde o candidato vai informando seus dados a uma assistente virtual chamada “Nanda”. A ideia é que o procedimento seja mais interativo e simples. Dá uma olhada na nova interface:

Já testamos o novo sistema de inscrições e ele está funcionando perfeitamente. Os candidatos não devem ter problemas para utilizá-lo. O acesso ao sistema de inscrições é feito através da Página do Participante.

Durante a inscrição, você vai informar a cidade onde deseja realizar a prova. Lembre-se de que as provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro!

Na inscrição você também faz a opção pela língua estrangeira da sua prova: inglês ou espanhol. Lembre-se de que são cinco questões de língua estrangeira na prova.

Pedido de atendimento especializado ou específico

No momento da inscrição, o candidato também deverá informar se necessita de atendimento especializado ou específico durante a prova. Deve ser informada a condição que motiva a solicitação de atendimento durante a prova, conforme as seguintes opções:

Atendimento especializado

O atendimento especializado destina-se aos candidatos que possuam:

  • Baixa visão;
  • Cegueira;
  • Visão monocular;
  • Deficiência física;
  • Deficiência auditiva;
  • Surdez;
  • Deficiência intelectual (mental);
  • Surdocegueira;
  • Dislexia;
  • Déficit de atenção;
  • Autismo;
  • Discalculia.
Atendimento específico

O atendimento específico destina-se aos candidatos:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Idosos;
  • Em classe hospitalar;
  • Com outra condição específica.
Escolha do auxílio de acessibilidade

Depois de informar o motivo pelo qual precisa de atendimento durante a prova, o candidato deve especificar o auxílio de acessibilidade de que necessita:

  • Prova em braile;
  • Tradutor intérprete de Libras;
  • Videoprova em Libras;
  • Prova com letra ampliada;
  • Prova com letra superampliada;
  • Guia-intérprete;
  • Ledor;
  • Transcritor;
  • Leitura labial;
  • Tempo adicional;
  • Sala de fácil acesso;
  • Mobiliário acessível.

O edital deixa claro que o candidato que solicitar atendimento especializado para “cegueira, surdocegueira, baixa visão e/ou visão monocular, cuja documentação que comprove a condição que motiva a solicitação seja aprovada pelo Inep, poderá utilizar material próprio: máquina Perkins, reglete, punção, sorobã ou cubaritmo, caneta de ponta grossa, tiposcópio, assinador, óculos especiais, lupa, telelupa, luminária, tábuas de apoio e ser acompanhado por cão guia. Os recursos serão vistoriados pelo aplicador”.

Da mesma forma, quem solicitar atendimento especializado para “deficiência auditiva, surdez ou surdocegueira cuja documentação que comprove a condição que motiva a solicitação seja aprovada pelo Inep, poderá utilizar aparelho auditivo e implante coclear”.

Além disso, quem solicitar atendimento para surdez ou deficiência auditiva e recurso de videoprova em libras terá até 120 minutos adicionais em cada dia de prova.

A necessidade de atendimento especializado ou específico deve ser comprovada. Veja os documentos necessários no edital.

Questionário socioeconômico e pagamento

Por fim, você deverá responder a um questionário socioeconômico, que serve para a elaboração de estatísticas sobre o perfil dos candidatos do Enem.

Se você não for isento, ao final da sua inscrição, será gerada a GRU, isto é, o boleto para pagamento da taxa de inscrição. Não se esqueça de imprimir o documento e de pagar a taxa até o dia 23 de maio!

Atendimento pelo nome social

A solicitação de atendimento pelo nome social deve ser feita posteriormente à inscrição, entre os dias 20 e 24 de maio. Têm direito ao uso do nome social os candidatos que se identificam e querem ser reconhecidos socialmente conforme sua identidade de gênero (travestis ou transexuais).

Veja abaixo o cronograma completo do Enem 2019

  • Pedido de isenção: 1º a 10 de abril
  • Justificativa de ausência no Enem 2018: 1º a 10 de abril
  • Resultado da solicitação de isenção: 17 de abril
  • Solicitação de recursos caso a isenção seja negada: 22 a 26 de abril
  • Pedido de atendimento especial: 6 a 17 de maio
  • Pagamento da taxa de inscrição: 6 a 23 de maio
  • Pedido de uso de nome social: 20 a 24 de maio
  • Inscrições: 6 a 17 de maio
  • Provas: 3 e 10 de novembro

Você pode conferir o edital do Enem 2019 aqui.