Como chutar no Enem: técnicas para acertar mais questões

Na dúvida entre uma alternativa e outra, como chutar no Enem? Existe uma letra melhor para apostar suas chances? Veja abaixo as melhores técnicas para chutar na prova e acertar mais questões! Se chutar todas, dá pra tirar de 360 até 473 pontos. Mas, é uma loteria. Confira as técnicas do chute.

Seja porque o tempo de prova no Enem é apertado, seja porque você não sabe todas as respostas, é provável que você precise chutar algumas questões no Enem. Por isso, é importante se preparar para essa possibilidade e aprender como chutar no Enem com técnicas para aumentar suas chances de acertar mais questões da prova.

E, ainda tem mais essa: quem chuta todas as questões, pode ficar com nota entre 350 e 473 pontos. A equipe do Blog do Enem fez este experimento real. As notas do “chute” ficaram maiores que as notas mínimas apuradas na correção oficial. Veja agora se vale a pena se arriscar no chute:

Existe uma letra melhor para chutar?

Suponha que você tenha um dado (não viciado, claro). Qual a probabilidade de, ao jogá-lo, cair o número 6? Como o lado tem seis lados, a probabilidade de cair em um dos lados é de 1/6 (um sexto), certo?

Publicidade

Agora, vamos supor que você tenha jogado esse dado cinco vezes seguidas e nas cinco vezes caiu o número 6. Você vai jogar novamente e agora, pergunto: qual a probabilidade de cair o número 6? Ela diminuiu? Aumentou? Ou continua 1/6?

Ela continua 1/6! Mas, então, por que essa história toda? Existe algum segredo sobre como chutar no Enem? ou, acaba tudo na sorte mesmo? Calma, que nós vamos tirar as suas dúvidas agora.

Como chutar no Enem?

Muitos estudantes carregam a ideia de que, na hora de completar um gabarito, devem chutar nas letras que menos marcaram. O raciocínio seria o seguinte: “respondi bastante A, bastante C, bastante D… mas pouco B, então vou chutar na letra B”. Você provavelmente já passou por isso, certo?

No entanto, como acabamos de ver, não é porque o dado não caiu nenhuma vez no número 2 que a probabilidade de cair nesse número aumenta – ela continua sendo 1/6, assim como a probabilidade de cair no número 6 após ter caído várias vezes nesse número. Da mesma forma, não é porque você não marcou nenhuma vez a letra B que a probabilidade de chutar nela é mais garantida.

É difícil, mas precisamos aceitar que essa técnica de chute é 100% aleatória e não otimiza de forma alguma suas chances de acertar mais questões.

Dicas práticas para chutar no Enem

Vamos conhecer, então, técnicas sobre como chutar no Enem com mais segurança e aumentar sua chance de acertar mais questões na prova. Assista ao vídeo abaixo sobre como chutar no Enem para conhecer as nossas dicas.

Depois do vídeo têm mais dicas no post, e o resultado de um teste real de chutar todas no Enem. A nota chegou a quase 500 pontos numa prova. Confira após as dicas em vídeo.

Viu como tem lógica pensar nestas alternativas de como chutar no Enem para calibrar a pontaria? Veja agora a técnica da Tendência CEntral, e depois confira quantos pontos faz uma pessoa que chuta todas as alternativas.

Veja a Técnica da Moda ou Medida de Tendência Central

Digamos que tenha uma questão no Enem que diga “blablabla, calcule X e Y”, com as seguintes alternativas:

  • a) X = 30 e Y = 20
  • b) X = 30 e Y = 10
  • c) X = 25 e Y = 20
  • d) X = 10 e Y = 15
  • e) X = 30 e Y = 5

Repare que a resposta “X = 30” aparece 3 vezes (é uma moda) e “Y = 20” aparece duas (é uma moda). Logo, chutar na alternativa que junta ambas as respostas (no caso, a alternativa “a”) aumenta sua probabilidade de acerto.

É garantido? Não, mas já dá um pouquinho de segurança.

Never say never: nunca diga nunca!

Mesmo que você não saiba com profundidade a matéria que está sendo pedida em uma determinada questão, vale a pena dar uma olhada nas alternativas na hora de chutar.

Se uma alternativa traz as palavras “nunca”, “sempre”, “somente” ou sinônimos disso, então a probabilidade de ela ser verdadeira diminui, pois generalizações são muito incomuns em qualquer parâmetro de comparação (qualquer matéria escolar também por consequência).

Assim, identificando essas palavras você já pode riscar as alternativas e escolher entre as restantes para chutar, aumentando suas chances de acertar!

Esse tipo de pegadinha não é muito frequente no Enem, mas é bom ficar de olho e aplicar essa técnica para outras provas de vestibular também.

Compreenda o estilo do Enem

O Enem também é ferramenta de educação para o povo brasileiro. Como os enunciados são grandes e as questões são interdisciplinares, muitas pessoas saem do exame com o pensamento: “nossa, como aprendi nessa prova”. Podemos até dizer que o Enem chega a ser moralista, ou seja, ele tenta passar lições de moral aos estudantes defendendo valores universais.

Deste modo, caso você precise chutar alguma questão, busque identificar alternativas que defendam algum valor: o meio ambiente, a igualdade de gênero, a igualdade ou os os direitos humanos como um todo.

Entenda o que é a Teoria da Resposta ao Item, a TRI

Confira agora, com a professora Juliana Evelyn Santos, coordenadora pedagógica do Canal do Curso Enem Gratuito e do Blog do Enem.

Ficou mais fácil para você entender agora?

Chutar todas rende até 473 pontos

Logo que a correção das provas do Enem começou a ser feita pela TRI a equipe do Blog do Enem fez um teste real, para ver como a Teoria da Resposta ao Ítem funcionava no caso dos chutes.

O experimento de como chutar no Enem, e ver quantos pontos se faz, foi verdadeiro, aplicado numa rodada real do Exame. A metodologia básica foi matricular três pessoas da equipe para fazer a prova do Enem 2013. O combinado é que cada pessoa do grupo iria marcar a mesma letra em todos os gabaritos. Uma pesoa foi de alternativa “a”; outra de alternativa “b”, e a outra de alternativa “c”.

E, assim foi feito. Veja, por exemplo, como ficaram os resultados para quem marcou todas as alternativas na letra “b” no Enem 2013, e compare com as notas mínimas obtidas pelos  demais participantes naquela edição do Exame Nacional do Ensino Médio:

Na prova Amarela de 2013 quem marcou todas as respostas na letra ‘B’, superou em muito a nota mínima em todas as áreas.

Como chutar no Enem: veja as notas

Veja o quadro comparativo de como chutar no Enem, e as notas alcançadas.

Comparação entre ‘chutar todas’ e as notas mínimas e máximas

Os ‘chutes’ foram na letra ‘B’ em todas as questões da Prova Amarela no Enem 2013.

Área

Nota com chute

Nota mínima

Nota máxima

1 Ciências Humanas

402,6

299,5

888,7

2 Ciências da Natureza

473,9

311,5

901,3

3 Linguagens

360,8

261,3

813,3

4 Matemática

349,8

322,4

971,5

Na média dos resultados de quem chutou “a”; “b”, ou “c” as notas médias finais ficaram muito próximas. Ou seja, a TRI mostro consistência mesmo para avaliar quem chuta todas, independente da alternativa.

O chute no Enem superou a nota mínima

Parece mesmo difícil de acreditar que um simples chute generalizado tenha tido notas tão altas., e que tenha alcançado a média de 399 pontos nas provas objetivas. Foi uma experiência real sobre como chutar no Enem dentro do contexto da correção pela TRI.

Fazendo o cálculo por área é possível perceber que em Ciências Humanas o chute geral ficou 34,4% acima da nota mínima. Em Ciências da Natureza o chute fez 162,4 pontos a mais que a nota mínima, com uma diferença de 51,1% a mais.

Em Linguagens a nota pelo chute geral na letra ‘B’ fez 99,5 pontos a mais, com 38% de vantagem. A menor diferença entre o chute geral e a nota mínima foi na área de Matemática.

Foram apenas 27,6 pontos a mais, com 8,4% de pontos a mais no chute. Mas, será que chutar vale mesmo a pena? Resolve a sua vida no Enem? 

O bom mesmo é você caprichar nos estudos e mandar bem.

Veja os temas que mais caem nas provas, pra você começar a revisar agora mesmo:

Temas que mais caem no Enem

  1. Português:  Interpretação de Textos;  Estrutura Textual
  2. História: Revolução Francesa,  e Guerras Mundiais
  3. Geografia: O Espaço Rural, e O Impacto Ambiental
  4. Filosofia: Ética e JustiçaAristótelesPlatão e Sócrates
  5. Sociologia: O Mundo do Trabalho e as Teorias Sociais
  6. Física: MRUVAceleraçãoVelocidade; e Gravidade
  7. Química: Velocidade das ReaçõesEquilíbrio Químico
  8. BiologiaAs Relações Ecológicas; Interações Antrópicas
  9. Inglês: Leitura e Interpretação de Textos
  10. Espanhol: Leitura e Interpretação de Textos 
  11. Matemática: Cálculo de Área e Volume, Regra de Três

Como chutar no Enem

Compartilhe: